omar sharif

Morreu hoje o ator egípcio Omar Sharif, vítima de um ataque cardíaco num hospital do Cairo, aos 83 anos. O ator era sobretudo conhecido pelas suas participações em filmes como “Lawrance da Arábia” (1962), “Doutor Jivago” (1965) e “Funny Girl: Uma Rapariga Endiabrada” (1968). Em 1963 recebeu uma nomeação para o Óscar de Melhor Ator Secundário pelo seu desempenho no épico “Lawrence da Arábia”.

Omar nasceu em Alexandria e foi uma das maiores estrelas de cinema da década de 1960 e o primeiro ator árabe a ganhar fama internacional. Só nessa década trabalhou em cerca de 17 filmes. Contracenou com grandes nomes do cinema, como Peter O’Toole, Alec Guinness, Anthony Quinn, Barbra StreisandGeraldine Chaplin, Gregory Peck, Telly Savalas, Catherine Deneuve e Sophia Loren.

“A Queda do Império Romano” (1964), “Chegou a Hora da Vingança” (1964), “A Noite dos Generais” (1967), “Felizes para Sempre” (1967) e “Hidalgo – O Grande Desafio” (2004), são alguns dos filmes, do seu vasto currículo, em que o ator se destacou.