"Behemoth" (2015)_1

O documentário “Behemoth”, de Zhao Liang, venceu o grande prémio da 2ª edição do Porto/Post/Doc“Algures nos confins da China contemporânea, as montanhas estão a ser destruídas para a produção de aço. A escala é gigantesca, quase não parece humana, e isso contrasta com o labor paciente de milhares de trabalhadores que, face ao trabalho árduo, mantêm diversos sinais de terror: um rosto coberto de pó, um pulmão condenado à destruição.”. O júri composto pelos produtores Beli Martinez e Sandro Florin, pela programadora Cíntia Gil, pela jornalista Carmen Gray e pela fotógrafa Inês d’Orey, considerou o filme do realizador chinês como o melhor em competição. O filme venceu também o prémio Teenage, definido por 13 alunos do secundário do Porto, anunciou hoje a organização.

foi também atribuída uma menção honrosa a “Exotica, Erotica, Etc.”, de Evangelia Kranioti, um documentário que aborda a relação entre marinheiros e prostitutas. O prémio Biberstein Gusmão, destinado aos novos cineastas, distinguiu “Coming of Age”, de Teboho Edkins, um filme em que o realizador regressou ao país onde cresceu para ao longo de dois anos acompanhar a vida de dois irmãos e duas amigas adolescentes nas inóspitas montanhas do Lesoto.

A 2ª edição do Porto/Post/Doc termina hoje, sendo possível ainda ver filmes como “Em Jackson Heights” de Frederick Wiseman, “Volta, África” de Lionel Rogosin e “A Causa e a Sombra” de Tiago Afonso.

 

Grande Prémio Porto/Post/Doc

Behemoth, de Zhao Liang (China/França)

Menção Honrosa

Exotica, Erotica, Etc., de Evangelia Kranioti (França)

Prémio Biberstein Gusmão

Teboho Edkins, por Coming of Age (África do Sul/Lesoto/Alemanha)

Prémio Teenage

Behemoth, de Zhao Liang (China/França)