Indie Lisboa

IndieLisboa 2016: Selecção Oficial

Foi hoje revelado o programa oficial da 13ª edição do IndieLisboa – Festival Internacional de Cinema Independente, que irá decorrer de 20 de abril a 1 de maio, em Lisboa. De um total de mais de 4500 filmes recebidos, o IndieLisboa 2016 seleccionou 289 (87 longas e 202 curtas metragens) para as várias secções do festival. Este ano estarão presentes 40 filmes portugueses (10 longas e 30 curtas metragens), 21 dos quais integram a competição nacional (17 curtas e 4 longas metragens).

A cerimónia de abertura do IndieLisboa 2016 está marcada para o dia 20 de abril, pelas 21h30, na sala Manoel de Oliveira do Cinema São Jorge, com a estreia do filme “Love & Friendship”, de Whit Stillman (uma estreia da NOS Audiovisuais), numa viagem literária até ao conto de Jane Austen que a mestria do realizador transformou – como habitual – numa divertida comédia de costumes.

O filme de encerramento será “L’avenir” (uma estreia da Alambique Filmes), da realizadora Mia Hansen-Løve, que venceu o prémio de melhor realizadora no Festival de Berlim. Isabelle Huppert, a protagonista, é uma professora de filosofia que procura reencontrar-se depois da morte da mãe, da traição do marido e de uma certa estagnação profissional. A sessão de encerramento do festival realiza-se depois da cerimónia de entrega de prémios, no domingo, dia 1 de maio, no Grande Auditório da Culturgest.

Muito especial será também a exibição de um dos mais aguardados filmes portugueses do ano, “Cartas da Guerra”, de Ivo Ferreira. No dia 25 de abril, às 18h30, no Grande Auditório da Culturgest, serão recordadas as cartas que António Lobo Antunes escreveu à sua mulher, Maria José (interpretados, no filme, por Miguel Nunes e Margarida Vila-Nova), durante a Guerra Colonial na sua comissão de serviço em Angola. Ivo Ferreira, realizador de “Cartas da Guerra”, materializa a belíssima escrita de António Lobo Antunes com a ajuda da magnífica fotografia de João Ribeiro, permitindo-nos viver temporariamente um tempo distante.

Fazem ainda parte das sessões especiais a estreia de “O Cinema, Manoel de Oliveira e Eu” de João Botelho e “A Vossa Terra” de João Mário Grilo. Há ainda um filme-concerto em colaboração com Os Dias da Música do CCB e um programa especial nascido de uma colaboração com a escola La Fémis: primeiros e raríssimos filmes de cineastas ligados à escola de cinema, como Louis Malle, François Ozon, Costa-Gavras.

A secção Director’s Cut, programa organizado em colaboração com a Cinemateca Portuguesa-Museu do Cinema, irá revisitar cineastas como Guy Maddin, Robert Frank, Jacques Tourneur e Dario Argento, atores como Helmut Berger, e também o universo dos filmes de terror. Esta secção apresenta filmes novos que mergulham na memória do cinema como sua principal inspiração e matéria-prima, incluindo documentários sobre realizadores e actores de culto, e filmes experimentais que re-trabalham o património visual cinematográfico.

Os homenageados na secção Herói Independente desta edição são, o realizador holandês Paul Verhoeven e o ator e realizador francês Vincent Macaigne, que estarão presentes no IndieLisboa.

O IndieLisboa 2016 by Allianz é organizado pela IndieLisboa – Associação Cultural, com o apoio financeiro do Ministério da Cultura/ICA – Instituto do Cinema e do Audiovisual, da CML – Câmara Municipal de Lisboa, do Programa Creative Europe da União Europeia e da Allianz; em co-produção com a Culturgest e o Cinema São Jorge e em parceria estratégica com a EGEAC – Empresa de Gestão de Equipamentos e Animação Cultural, EEM.

Selecção Oficial (Completo)

Competição Internacional – Longas Metragens
Baden Baden
Rachel Lang, Bélgica, França, c., 2016, 95′
Ce sentiment de l’eté/This Summer Feeling
Mikhaël Hers, França, Alemanha, c., 2016, 106′
Chevalier
Athina Rachel Tsangari, Grécia, c., 2015, 99′
The Family/Jia
Shumin Liu, Austrália, China, c., 2015, 280′
Flotel Europa
Vladimir Tomic, Dinamarca, Sérvia, doc., 2015, 71′
In the Last Days of the City/ Akher Ayam El Madina
Tamer El Said, Egipto, Alemanha, Reino Unido, Emirados Árabes Unidos, c., 2016, 118′
James White
Josh Mond, EUA, c., 2015, 86′
Kate Plays Christine
Robert Greene, EUA, doc., 2016, 110′
Mate-me Por Favor/Kill Me Please
Anita Rocha da Silveira, Brasil, Argentina, c., 2015, 101′
Olmo e a Gaivota/Olmo and the Seagull
Petra Costa, Lea Glob, Brasil, Dinamarca,
Portugal, doc./ c., 2015, 87′
Short Stay
Ted Fendt, EUA, c., 2016, 61′

Competição Internacional – Curtas Metragens
«[…] craving for narrative» lässt sich einfach nicht gut übersetzen/Craving for Narrative
Max Grau, Alemanha, doc., 2015, 25′
A Coat Made Dark
Jack O’Shea, Irlanda, anim., 2015, 10′
Another City
Lan Pham Ngoc, Vietname, exp., 2016, 25′
Ascensão
Pedro Peralta, Portugal, c., 2016, 17′
Balada de um Batráquio/Batrachians’ Ballad
Leonor Teles, Portugal, doc., 2016, 11′
La bande a Juliette/Juliet’s Band
Aurélien Peyre, França, c., 2016, 47′
Centaur
Aleksandra Niemczyk, Bósnia-Herzegovina, Noruega, Polónia, c., 2015, 42′
Chatear-me-ia Morrer Tão Joveeeeem…/ It Would Piss Me O To Die So Yoooooung…
Filipe Abranches, Portugal, anim., 2016, 15′
Deer Flower
Kangmin Kim, Coreia do Sul, EUA, anim., 2015, 8′
Des millions de larmes/Millions of Tears
Natalie Beder, França, c., 2015, 22′
La fille du bunker/The Girl From the Bunker
Eduardo Carretie, França, c., 2015, 16′
La finn d’Homère/Homer, A Hunter’s Fate
Zahra Vargas, Suíça, c., 2015, 22′
Le goufre/The Chasm
Vincent Le Port, França, c., 2015, 50′
Gulliver
María Alché, Argentina, c., 2015, 25′
Hopptornet/Ten Meter Tower
Maximilien Van Aertryck, Axel Danielson, Suécia, doc., 2016, 17′
Hotaru
William Laboury, França, c., 2015, 21′
La impresión de una guerra/Impression of a War
Camilo Restrepo, Colômbia, França, doc., 2015, 26′
Isabella
Duncan Cowles, Ross Hogg, Reino Unido, doc., anim., 2015, 9′
Isabella Morra
Isabel Pagliai, França, doc., 2015, 22′
Ivan’s Need
Veronica L. Montaño, Manuela Leuenberger, Lukas Suter, Suíça, anim., 2015, 6′
Jan Peeters
Miguel López Beraza, Hungria, Roménia, Espanha, doc., exp., 2015, 8′
The Lasting Persimmon/Nagori-Gaki
Kei Chikaura, Japão, c., 2015, 15′
Love
Réka Bucsi, França, Hungria, anim., 2016, 15′
Lumières Fossiles/Fossil Lights
Lise Fischer, França, doc., 2015, 15′
La maison de Lilas/Lilas’ House
Annabelle Amoros, França, c., 2015, 18′
Missing One Player
Lei Lei, China, anim., 2015, 5′
Momentum
Anna Antsalo, Finlândia, c., 2015, 16′
Les monts s’embrasent
Laura Morales, Suíça, doc., 2015, 21′
Non-contractuel/Non-contractual
Paul Heintz, França, doc., 2015, 16′
Nos champs/Our Fields
Baptiste Ribrault, França, doc., 2015, 21′
Nueva vida/New Life
Kiro Russo, Argentina, Bolívia, c., 2015, 15′
Oustaz
Bentley Brown, Chade, Canadá, Arábia Saudita, doc., 2016, 22′
Le park/The Park
Randa Marou , França, c., 2015, 14′
Pokretni elementi/Moving Elements
Marko Tadic, Croácia, exp., anim., 2016, 7′
Rate Me
Fyzal Boulifa, Reino Unido, c., 2015, 17′
The Reflection of Power
Mihai Grécu, França, anim., 2015, 9′
Retarded 2
Lucas Doméjean, França, c., 2015, 25′
Ruben Leaves
Frederic Siegel, Suíça, anim., 2015, 5′
The Send-O
Patrick Bresnan, Ivete Lucas, EUA, doc., 2015, 12′
Small Talk
Lisa Brooke Hansen, Even Hafnor, Noruega, doc., 2015, 21′
Solitary Acts #4
Nazli Dincel, EUA, Turquia, exp., 2015, 8′
Thunder Road
Jim Cummings, EUA, c., 2016, 13′
Tindaya
David Krems, Áustria, exp., 2015, 5′
Tout le monde aime le bord de la mer/We All Love the Seashore
Keina Espiñeira, Espanha, doc., 2015, 17′
Under the Sun/Ri Guang Zhi Xia
Qiu Yang, China, Austrália, c., 2015, 19′
Uzu
Gaspard Kuentz, Japão, doc., 2015, 27′
Velodrool
Sander Joon, Estônia, anim., 2015, 6′
Viktoria
Mónica Lima, Alemanha, Portugal, c., 2015, 30′
Woman without Mandolin
Fabiano Mixo, Alemanha, Brasil, exp., 2015, 5′

Competição Nacional – Longas Metragens
Estive em Lisboa e Lembrei de Você/ I Was in Lisbon and Remembered You
José Barahona, Portugal, Brasil, c., 2015, 94′
O Lugar Que Ocupas/The Room You Take
Pedro Filipe Marques, Portugal, doc., 2016, 165′
Paul
Marcelo Felix, Portugal, c., exp., 2016, 71′
Treblinka
Sérgio Tréfaut, Portugal, c., 2016, 61′

Competição Nacional – Curtas Metragens
A Guest + A Host = A Ghost
Jorge Jácome, Portugal, França, c., exp., 2015, 16′
Ascensão
Pedro Peralta, Portugal, c., 2016, 17′
Balada de um Batráquio/Batrachians’ Ballad
Leonor Teles, Portugal, doc., 2016, 11′
Cabeça d’Asno
Pedro Bastos, Portugal, 2016, 11′
Campo de Víboras
Cristèle Alves Meira, Portugal, c., 2016, 19′
Chatear-me-ia Morrer Tão Joveeeeem…/ It Would Piss Me O To Die So Yoooooung…
Filipe Abranches, Portugal, anim., 2016, 15′
O Desvio de Metternich
Tiago Melo Bento, Portugal, c., 2016, 18′
Heroísmo
Helena Estrela Vasconcelos, Portugal, c., 2015, 22′
The Hunchback
Gabriel Abrantes, Ben Rivers, Portugal, c, 2016, 30′
Live Tropical Fish
Takashi Sugimoto, Portugal, c., exp., 2015, 14′
Macabre
Jerónimo Rocha, João Miguel Real, Portugal, anim., 2015, 20′
Menina/Maiden
Simão Cayatte, Portugal, c., 2016, 17′
Rochas e Minerais/Rocks and Minerals
Miguel Tavares, Portugal, c., 2015, 9′
Sem Armas
Tomás Paula Marques, Portugal, c., 2016, 14′
O Sul/The South
Afonso Mota, Argentina, Bolívia, Brasil, Peru, Portugal, c., exp., 2015, 15′
Transmission from the Liberated Zones
Filipa César, Alemanha, França, Portugal, Suécia, exp., 2015, 30′
Viktoria
Mónica Lima, Alemanha, Portugal, c., 2015, 30′

Fonte: IndieLisboa 2016