Prémios Sophia

Prémios Sophia 2016: Vencedores

Os Prémios Sophia 2016 foram hoje entregues pela Academia Portuguesa de Cinema, numa cerimónia que prestou homenagem ao amor e ao cinema, apresentada, com bastante humor, por Ana Bola. “Amor Impossível” de António-Pedro Vasconcelos, que contava com dezassete nomeações, venceu quatro prémios, Melhor Filme, Melhor Atriz (Vitória Guerra), Melhor Ator (José Mata) e Melhor Som. Em 2015, Vasconcelos tinha conquistado nove prémios, incluindo o de Melhor Filme, por “Os Gatos não têm vertigens”.

Já a comédia “Capitão Falcão” foi o filme que conquistou mais prémios, seis no total: Melhor Ator Secundário, Melhor Argumento, Melhor Guarda Roupa, Melhor Direcção Artística, Melhor Maquilhagem e Cabelos e Melhor Banda Sonora.

“Se eu Fosse Ladrão, Roubava”, o último filme de Paulo Rocha, recebeu os prémios de Melhor Atriz Secundária (Carla Chambel) e Melhor Fotografia. “Yvone Kane” conquistou o prémio de Melhor Realizador (Margarida Cardoso) e “Montanha” o de Melhor Montagem.

Carmen Dolores e Fernando Costa receberam o Prémio Sophia Carreira. O filme vencedor do Sophia de Melhor Filme pode ser visto durante a Festa do Cinema 2016, entre os dias 15, 16 e 17 de maio, em mais de 500 salas de cinema.

Melhor Filme
Amor Impossível, de António-Pedro Vasconcelos, MGN FILMES
Melhor Realizador
Margarida Cardoso, por Yvone Kane
Melhor Atriz Principal
Vitória Guerra, em Amor Impossível
Melhor Ator Principal
José Mata, em Amor Impossível
Melhor Atriz Secundária
Carla Chambel, em Se eu Fosse Ladrão, Roubava
Melhor Ator Secundário
José Pinto, em Capitão Falcão
Melhor Argumento Original
João Leitão e Nuria Leon Bernardo, por Capitão Falcão
Melhor Fotografia
Acácio de Almeida, por Se eu Fosse Ladrão, Roubava
Melhor Som
Vasco Pedroso, Branko Neskov e Elsa Ferreira, por Amor Impossível
Melhor Direção Artística
Nuno Tomaz, Mário Melo Costa e João Leitão, por Capitão Falcão
Melhor Guarda Roupa
Isabel Quadros, por Capitão Falcão
Melhor Maquilhagem e Cabelos
Helena Gonçalves, por Capitão Falcão
Melhor Montagem
Edgar Feldman e João Salaviza, por Montanha
Melhor Banda Sonora Original
Pedro Marques, por Capitão Falcão
Melhor Documentário em Longa-Metragem
Pára-me de Repente o Pensamento, de Jorge Pelicano
Melhor Documentário em Curta-Metragem
Fora da Vida, de Filipa Reis e João Miller Guerra
Melhor Curta-Metragem de Ficção
Rampa, de Margarida Lucas
Melhor Curta-Metragem de Animação
Amélia & Duarte, de Alice Guimarães e Mónica Santos
Prémio Sophia Estudante
Terra Mãe, de Ricardo Couto