Terminou no passado dia 5 de março a 37ª edição do Festival Internacional de Cinema do Porto – Fantasporto. O filme “Realive”, do realizador espanhol Mateo Gil, foi o vencedor da 37.ª edição do Fantasporto, tendo recebido ainda o prémio de Melhor Argumento. “Realive” conta a história de um homem diagnosticado com uma doença a quem é dado um ano para viver, levando a que decida congelar o seu corpo durante 60 anos, quando já há uma solução para o que o afeta.

O Prémio Especial do Júri foi para “Saving Sally”, do filipino Avid Liongoren e Liam Gavin recebeu o Prémio de Melhor Realização por “A Dark Song”. Na Semana dos Realizadores, o grande premiado foi o filipino “Pamilya Ordinaryo”, de Eduardo W. Roy Jr. Na Secção Orient Express o grande prémio foi para “The Net”, de Kim Ki-Duk.

Júri Internacional Cinema Fantástico
Grande Prémio Melhor Filme
Realive, de Mateo Gil
Prémio Especial do Júri
Saving Sally, de Avid Liongoren
Melhor Realização
Liam Gavin, A Dark Song
Melhor Ator
Frederick Koehler, The Evil Within
Melhor Atriz
Catherine Walker, A Dark Song
Melhor Argumento
Mateo Gil, Realive
Melhores Efeitos Especiais
Drew Casson, The Darkest Dawn
Melhor Curta-Metragem
Cenizo, de Jon Mikel Caballero
Menções Especiais
A Repartição do Tempo, de Santiago Dellape
Garden Party, de Théophile Dufresne, Florian Babikian, Gabriel Grapperon, Lucas Navarro, Vincent Bayoux e Victor Claire

27ª Semana dos Realizadores – Prémio Manoel de Oliveira
Melhor Filme
Pamilya Ordinario, de Eduardo W. Roy Jr.
Prémio Especial do Júri
Sins of the Flesh, de Khaled el Agar
Melhor Realizador
Kim Jee-Woon, The Age of Shadows
Melhor Argumento
Ivan Szabó e Roland Vranik, The Citizen
Melhor Ator
Park Ji-Il, The Net
Melhor Atriz
Nahed el Sebai, Sins of the Flesh
Hasmine Kilip, Pamilya Ordinario

Secção Orient Express
Melhor Filme
The Net, de Kim Ki-Duk
Prémio Especial Orien Express
Dearest Sister, de Mattie Do
Menção Honrosa
Saving Sally, de Avid Liongoren

Prémio Cinema Português
Melhor Filme
Um Refúgio Azul, de João Lourenço
Escola de Cinema Portuguesa
Politécnico do Porto
Menção Especial do Júri para Filme de Escola
Schlboski, de Tomás Andrade e Sousa (criatividade) – ETIC

Prémios Não Oficiais
Prémio da Crítica
Caught, de Jamie Patterson
Division 19, de Susie Halewood
Prémio do Público
Saving Sally, de Avid Liongoren