Monstra

Monstra 2017: Vencedores

O filme “A Minha Vida de Courgette”, de Claude Barras, recebeu o Grande Prémio Monstra da Monstra – Festival de Animação de Lisboa, que terminou no passado dia 25 de março.  O júri premiou este filme “pela sua sensibilidade e sua capacidade de expressar o espírito das crianças, através de um trabalho de uma animação sutil, encontramos um filme bonito e poético.” Este filme recebeu também o Prémio do Público na categoria de Competição de Longas.

Já na competição portuguesa, o videoclip do músico Samnuel Úria, realizado por Pedro Serrazina, “É Preciso que Eu Diminua“, recebeu o Prémio de Melhor Filme Português – Prémio SPA | Vasco Granja. O júri, constituido por Falk Schuster, Giannalberto Bendazzi e Paula Tavares, entendeu atribuir este prémio “pela qualidade da relação entre a animação e o som, pela qualidade do movimento da câmara e pelo desenho, relação de contraste e metáforas visuais”.

Na competição de curtas-metragens, o filme francês “Periferia”, de David Coquart-Dassault, recebeu o Grande Prémio MONSTRA CURTA. O Grande Prémio Monstrinha foi para o filme russo “Amoras”, de Polina Minchenok, que, segundo o júri, “oferece uma narrativa enternecedora, complementada pela riqueza do detalhe, a emoção de mãos dadas com a animação, resultou num trabalho que fica com espectador e o acaricia. A linguagem é universal e fala com adultos e graúdos.”

 

Competição Longas
Grande Prémio Monstra
A minha vida de Courgette / My Life as a Zucchini – Claude Barras (França, Suíça)
Melhor Filme Infância e Juventude
Ludovigo e Luca – A Grande Corrida do Queijo / Louis & Luca – The Big Cheese Race – Rasmus A. Sivertsen (Noruega)
Menção Honrosa
Window Horses – A Epifania Poética Persa de Rosie Ming / Window Horses – The Poetic Persian Epiphany of Rosie Ming – Ann Marie Fleming (Canadá)
Prémio Especial do Júri
Louise à Beira-Mar / Louise by the Shore – Jean-François Laguionie (França, Canadá)
Prémio do Público
A minha vida de Courgette / My Life as a Zucchini – Claude Barras (França, Suíça)

Competição Portuguesa – SPautores / Vasco Granja
Melhor Filme Português – Prémio SPautores / Vasco Granja
É preciso que eu diminua / It is necessary that I diminish – Pedro Serrazina (Portugal)
Menções Honrosas
Chatear-me-ia Morrer Tão Joveeeeem… / It Would Piss Me Off To Die So Yoooooung… – Filipe Abranches (Portugal)
Última Chamada / Final Call– Sara Barbas (Portugal)
Prémio do Público
Última Chamada / Final Call – Sara Barbas (Portugal)

Competição Curtas
Grande Prémio Monstra-Curta
Periferia / Peripheria – David Coquard-Dassault (França)
Menções Honrosas
O Vómito de Verão é a Delícia do Inverno / Summer’s Puke is Winter’s Delight – Sawako Kabuki (Japão)
Acidentes, Erros e Calamidades / Accidents, Blunders and Calamities – James Cunningham (Nova Zelândia)
Melhor Filme Experimental
Squame – Nicolas Brault | Canadá)
Melhor Curta Portuguesa
Chatear-me-ia Morrer Tão Joveeeeem… / It Would Piss Me Off To Die So Yoooooung… – Filipe Abranches (Portugal)
Prémio Especial do Júri
Entre as Ondas Negras / Among the Black Waves – Anna Budanova (Rússia)
Prémio do Público
Blind Vaysha – Theodore Ushev (Canadá)

Competição Estudantes
Melhor Curta de Estudantes
Olha Apenas para Mim / Look at Me Only –  Tomoki Misato (Japão)
Menções Honrosas
Corpo Estranho / Foreign Body – Marta Magnuska (Polónia)
Onde as nossas memórias estão / Where our memories are –  Yuriko Ogawa (Reino Unido)
Melhor Curta de Estudantes Portuguesa
Lugar em Parte Nenhuma / A Place in Nowhere –  Bárbara de Oliveira, João Rodrigues (Portugal)

Melhor Curta de Estudantes
Steven Vai ao Parque / Steven Goes to the Park – Claudia Cortés Espejo (Bélgica)
Menções Honrosas
Eidos – Elena Ortolan (Itália)
A Mesa / The Table –  Eugène Boitsov (França)
Uma História de Amor / A Love Story –  Anushka Kishani Naanayakkara (Reino Unido)
Melhor Curta de Estudantes Portuguesa
Lugar em Parte Nenhuma / A Place in Nowhere –  Bárbara de Oliveira, João Rodrigues (Portugal)

Competição Super-Shorts
Melhor Curtíssima
Circuito de Bicicleta / Tour – Jasmijn Cedee (Bélgica)
Menções Honrosas
A verdade mais sombria sobre o amor/ The Darkest Truth About Love – Lara Lee, Hannah Jacobs (Reino Unido)
Aftermath – Layla Atkinson (Reino Unido)
Tekkol –  Jorn Leeuwerink (Países Baixos)
Melhor Curtíssima Portuguesa
A lenda de Stingy Jack / Stingy Jack´s Tale – Andreia Reisinho Costa (Portugal)

Competição Amendoim de Ouro
Amendoim de Bronze
69SEC –  Laura Nicolas (Bélgica)
Amendoim de Prata
O D de David / The D in David –  Michelle Yi, Yaron Farkash (EUA)
Amendoim Ouro
Sr. Patola de Pés Azuis / Mr. Blue Footed Booby –  Gino Imagino (Equador)

Fonte: Monstra