Duas coproduções Luso-francesas foram selecionadas para a 56ª Semana da Crítica, secção paralela da 70ª edição do Festival de Cannes, a decorrer entre 18 e 26 de maio. A curta-metragem “Coelho Mau” de Carlos Conceição (uma coprodução luso-francesa Primeira Idade e Epicentre Films) estreia na secção especial de curtas-metragens e a longa-metragem “Los Perros” de Marcela Saïd (coproduzida pela produtora nacional Terratreme e pela francesa Cinéma Defacto) estreia na secção de longas-metragens.

“Coelho Mau” é uma ficção que aborda as relações entre dois irmãos (João Arrais e Júlia Palha), uma mãe ausente (Carla Maciel) e o seu amante (Matthieu Charneau), que vacilam entre a iminência da morte e o assombro face aos seus desejos. “Rapaz tímido domina o amante da mãe. A beleza e o horror trocam carícias. Deuses adolescentes desafiam morais convencionais. A morte prostitui-se vestida de criança..” lê-se na sinopse do filme.

O cinema português vê reforçada a sua presença na 70ª edição do Festival de Cannes, depois do anúncio da participação de “Farpões, baldios” de Marta Mateus, e a animação “Água mole” de Laura Gonçalves e Xá (Alexandra Ramires) na 49ª edição da Quinzena de Realizadores.