Morreu no passado dia 16 de junho, aos 81 anos de idade, de cancro no pâncreas, o realizador norte-americano John G. Avildsen. Venceu o Óscar de Melhor Realizador em 1977, por “Rocky” (1976) sobre a ascensão de um boxeur da Filadélfia, escrito e interpretado por Sylvester Stallone, dando-lhe grande estatuto em Hollywood. “Rocky” conquistou ainda o Óscar de Melhor Filme e de Melhor Edição, e ainda o Globo de Ouro de Melhor Filme (Drama). A crítica adorou-o, foi o filme mais rentável de 1976 e transformou a personagem de Rocky Balboa num ícone do cinema.

Ficou conhecido também, na década de 1980, pela trilogia de “Karate Kid”“Momento da Verdade” (1984), “Momento da Verdade II” (1986) e “Momento da Verdade III” (1989) – protagonizado por Ralph Macchio e Pat Morita.

Com uma carreira de quase 30 anos no cinema, John G. Avildsen realizou ainda filmes como: “A Fórmula” (1980), “Noites de Paixão” (1983), “Feliz Ano Novo” (1987), “Confia em Mim” (1989), “O Poder de um Jovem” (1992), “Rocky V” (1990).

Este ano estreou um documentário sobre a sua obra, “John G. Avildsen: King of the Underdogs” (2017) de Derek Wayne Johnson, que conta com declarações de Sylvester Stallone, Ralph Macchio, Martin Scorsese, entre outros.