Annecy

França triunfa em Annecy 2011

Depois de uma semana (6 a 11 de Junho) em que a animação europeia e oriental dominaram a edição de 2011 do Festival Internacional de Animação de Annecy, os principais prémios ficaram em França. “Le Chat du Rabbin” e“Pixels” triunfaram no Festival de Annecy. O primeiro, realizado por Joann Sfar e Antoine Delesvaux, baseado numa BD que decorre em 1920 na Argélia e conta a história de um gato de um rabino que decide praticar o judaísmo depois de aprender a falar, recebeu o principal galardão, o Cristal de Annecy para Longa-Metragem. E o segundo, dePatrick Jean, conquistou o galardão de Melhor Curta-Metragem.
Annecy é o maior certame de animação no mundo. A edição de 2011 contou com 182 filmes em competição, sendo que 9 eram longas-metragens e 42 eram curtas-metragens. Portugal obteve a maior participação de sempre neste festival, com cinco filmes em concurso (“Viagem a Cabo Verde” de José Miguel Ribeiro, “O Sapateiro” de David Doutel e Vasco Sá“Conto do Vento” de Cláudio Jordão Viegas“Dodu, o Rapaz de Cartão” de  José Miguel Ribeiro “Afonso Henriques, o Primeiro Rei” de Pedro Lino) e mais dois fora de competição (“A Única Vez” deNuno Amorim e “Os Olhos do Farol” de Pedro Serrazina). Sete filmes é um verdadeiro recorde para a animação nacional!
A competição de longas-metragens, deste ano, ficou marcada pela forte presença europeia e asiática. A França foi o país com mais filmes em competição, três no total, “Le Chat du Rabbin” de Joann Sfar e Antoine Delesvaux“Une Vie de Chat” de Jean-Loup Felicioli e Alain Gagnol e “L’Apprenti Père Noël” de Luc Vinciguerra. Competiram ainda“Chico & Rita” de Fernando Trueba (Espanha), “The Great Bear” de Esben Toft Jacobsen (Dinamarca), “Jib – The House” de Mi Sun Park, Eun Young Park, Ju-young Ban, Jae Ho Lee e Hyun-jin Lee (Coreia do Sul),“Green Days – Dinosaur and I” de Jae-hoon An e Hye-jin Han (Coreia do Sul), “Colorful” de Keiichi Hara(Japão), “The Tibetan Dog” de Masayuki Kojima (China e Japão).

 

Longas-Metragens:
Cristal de Melhor Filme
“Le Chat du Rabbin” de Joann Sfar e Antoine Delesvaux
Distinção Especial
“Colorful” de Keiichi Hara
Prémio do Público
“Colorful” de Keiichi Hara
Curtas-Metragens:
Cristal de Annecy
“Pixels” de  Patrick Jean
Prémio Especial do Júri
“Big Bang Big Boom” de BLU
Prémio para Primeiro Filme
“Switez” de Kamil Polak
Distinção Especial
“Paths Of Hate” de Damian Nenow
Prémio Sacem pela música original
“Masca” de Timothy Quay
Prémio do Júri para Jovem
“A Morning Stroll” de Grant Orchard
Prémio do Público
“Luminaris” de Juan Pablo Zaramella


Outros Prémios:
Prémio FNAC
“Chico & Rita” de Fernando Trueba
Prémio Annecy 2011 YouTube
“Sidewalk Scribble” de Peter Lowey

Deixar uma resposta