Home / Notícias / Centenário de Gene Kelly

Centenário de Gene Kelly

O lendário ator, bailarino, realizador, produtor, cantor e coreógrafo, Gene Kelly, faria hoje 100 anos se fosse vivo. Kelly era, juntamente com Fred Astaire, o expoente máximo dos Musicais de Hollywood.

O ator nasceu a 23 de agosto de 1912 nos EUA, tendo iniciado a sua carreira bem cedo no teatro. Em 1938 estreia-se na Broadway, no espectáculo “Leave It to Me”. No cinema, onde participou em mais de 30 filmes, estreou-se em 1942, no musical “O Prémio do Teu Amor”, de Busby Berkeley.

Foi durante a “era de ouro” do género Musical (anos 50), que Gene Kelly deslumbrou o público e deu ao cinema algumas das suas melhores obras de sempre. “Serenata à Chuva” (1952) é o filme pelo qual ficou imortalizado, sendo hoje considerado um dos melhores filmes de sempre da história o cinema. Realizado pela dupla Stanley Donen e Gene Kelly, o filme, em tom de homenagem ao cinema e ao género musical, foca-se na passagem do mudo para o sonoro, que foi a mudança mais radical que o cinema sofreu até hoje. A personagem de Kelly é de um famoso ator do cinema mudo que não aceita bem a transição para o sonoro, entrando em decadência, levando à ruína a sua carreira. Este musical da MGM ficou célebre pela cena lendária em que Kelly canta a música Singin’ in the Rain, à chuva, numa rua com um poste de luz. Esta cena tornou-se na imagem de marca do filme. Mas todo o filme tem sequências inesquecíveis, que influenciaram bastante os musicais posteriores.

Outros filmes como, “Os Três Mosqueteiros” (1948), “Um Dia em Nova Iorque” (1949), “Um Americano em Paris” (1951) e “Dançando nas Nuvens” (1955), são de destacar na obra de Gene Kelly.

Gene Kelly morreu há 16 anos (2 de fevereiro de 1996), aos 83 anos de idade, após um derrame cerebral. Gene Kelly pode não ter sido o melhor ator de sempre, apesar de alguns o considerarem melhor ator do que bailarino, mas a verdade é que sem Kelly o cinema musical deixou de ser o mesmo. Ele é de facto insubstituível!

Em baixo segue o vídeo com a cena de dança mais conhecida da história do cinema.

Deixar uma resposta

Scroll To Top