85º Aniversário de Rato Mickey

O rato mais famoso do mundo comemora hoje, 18 de novembro de 2013, 85 anos de idade. Mickey Mouse, ou em português Rato Mickey, surgiu a 18 de novembro de 1928 pelas mãos do cartoonista Ub Iwerks e pelo génio de Walt Disney.

A primeira vez que Mickey apareceu foi no filme “Plane Crazy” (1928), ainda sem luvas e sapatos, numa sessão de teste. No entanto, o seu verdadeiro “nascimento” foi em “Steamboat Willie” (1928), uma curta-metragem a preto e branco dos estúdios Walt Disney, considerado um dos primeiros filmes animados com som e música (o som surgiu no cinema em 1927).

“Este filme demonstrava o poder da música, não como acompanhamento de fundo, mas como elemento intrínseco à estrutura do filme e ao ritmo visual.” O filme obteve um sucesso enorme, o que tornou Rato Mickey no icónico símbolo da Walt Disney que é hoje.

É também em “Steamboat Willie” que conhecemos Minnie, a namorada de Mickey. Mais tarde, outras personagens viriam a juntar-se ao mundo do rato mais famoso do mundo, como Pluto e os seus melhores amigos, o Pato Donald e Pateta.

Com o passar dos anos, a personagem foi evoluindo. Passou a usar luvas, os olhos ficaram mais pequenos, ganhou cor e voz. Mickey aparece a cores pela primeira vez em “The Band Concert” (1935): um filme technicolor onde dirige uma banda.

É em 1940 que Mickey aparece pela primeira vez numa longa-metragem, no clássico “Fantasia”. Esta foi a terceira longa-metragem da Walt Disney e a mais musical de todas. O filme é constituído por oito segmentos animados, acompanhados pela música de Bach, Tchaikovsky, Beethoven, entre outros.

Durante a Segunda Guerra Mundial, Mickey foi o símbolo da propaganda política dos EUA. Entretanto, a sua popularidade viria a decair, pelo que só nos anos 50, com a passagem para a televisão com a série “The Mickey Mouse Club”, é que voltaria a ganhar fama.

Muitas das suas curtas foram exibidas na televisão e, em 1983, regressaria às longas-metragens com o conto natalício “Mickey’s Christmas Carol”, uma adaptação do livro “A Christmas Carol”, de Charles Dickens.

Mickey cresceu rapidamente e transformou-se num produto apelativo vendido em todo o mundo. A Disney apostou no mercado dos brinquedos, jogos de consolas, vestuário, revistas, entre outros. Ao transformar-se numa celebridade, teve também direito a uma estrela no Passeio da Fama a 18 de novembro de 1978, a propósito do seu 50.º aniversário.

Mickey nunca foi uma das personagens mais divertidas, como, por exemplo, Donald ou Pateta. Era antes o líder justo, corajoso e amigo do seu amigo, sempre pronto a ajudar.

“Steamboat Willie” (1928)

“The Band Concert” (1935)