“La La Land” triunfou na 74ª edição dos Globos de Ouro ao conquistar todas as categorias para que estava nomeado, sete no total: Melhor Filme – Comédia ou Musical, Melhor Realizador (Damien Chazelle), Melhor Ator – Comédia ou Musical (Ryan Gosling), Melhor Atriz – Comédia ou Musical (Emma Stone), Melhor Canção, Melhor Banda Sonora e Melhor Argumento.

“Moonlight” que estava nomeado para seis categorias acabou por vencer apenas um, mas o mais importante, o Prémio de Melhor Filme – Drama. A francesa Isabelle Huppert venceu o globo de Melhor Atriz – Drama, pelo seu desempenho em “Elle”, filme que venceu também o globo de Melhor Filme Estrangeiro. O Prémio de Melhor Ator – Drama para Casey Affleck, em “Manchester by the Sea”. “Zootrópolis” venceu o globo de Melhor Filme de Animação.

A atriz Meryl Streep foi homenageada com o Prémio Cecil B. DeMille, em reconhecimento do seu trabalho no cinema, tendo-se tornado num modelo dos últimos 40 anos e com trinta nomeações a Globos de Ouro. O seu discurso focou-se na multiculturalidade de Hollywood, relembrando que Hollywood vive muito dos estrangeiros, e na importância e defesa dos jornalistas. A sua mensagem, a mais forte e emotiva da noite, foi uma dura crítica às políticas de Trump, que ameaça expulsar os estrangeiros do país.

Melhor Filme — Comédia ou Musical
La La Land
Melhor Filme — Drama
Moonlight
Melhor Filme de Animação
Zootrópolis
Melhor Realização
Damien Chazelle, por La La Land
Melhor Filme Estrangeiro
Elle
(França)
Melhor Ator — Comédia ou Musical
Ryan Gosling, em La La Land
Melhor Atriz — Comédia ou Musical
Emma Stone, em La La Land
Melhor Ator — Drama
Casey Affleck, em Manchester by the Sea
Melhor Atriz — Drama
Isabelle Huppert, em Elle
Melhor Ator Secundário
Aaron Taylor Johnson, em Animais Noturnos
Melhor Atriz Secundária
Viola Davis, em Vedações
Melhor Argumento
La La Land
Melhor Canção
“City of Stars”, La La Land
Melhor Banda Sonora
La La Land