O destaque da semana vai para “O Outro Lado da Esperança”, do cineasta finlandês Aki Kaurismäki, que regressa ao seu estilo cómico seco para lidar com a crise dos refugiados, sem qualquer pudor em mostrar o racismo e a violência a que migrantes podem estar sujeitos. “O Outro Lado da Esperança” estreia hoje nas salas de cinema nacionais.

O filme centra-se em Khaled (Sherwan Haji), um mecânico sírio que acaba em Helsínquia, e na sua interacção com um vendedor de camisas (Sakari Kuosmanen) que anda de cidade em cidade. Este ganha uma quantia assinalável a jogar póquer e compra um restaurante, onde acaba por empregar Khaled.

Sinopse: Cinecartaz