O destaque da semana vai para “O Quadrado”, vencedor da Palma de Ouro na 70ª edição do Festival de Cannes, uma comédia negra com assinatura do sueco Ruben Östlund (“Força Maior”) e interpretações de Claes Bang, Elisabeth Moss, Dominic West e Terry Notary. Este drama satírico da burguesia ocidental e do mundo da arte foi muito aplaudido e muito bem recebido pela crítica. “Um espectáculo estranhamente esquisito e ultrajante, com momentos de estranheza pitoresca”, escreveu o The Guardian.

Christian é um homem respeitado que trabalha como curador num museu de arte contemporânea. É pai extremoso de duas crianças pequenas, conduz um carro eléctrico e contribui como pode em todas as causas humanitárias. Em suma, é um homem de bem. Profissionalmente, o projecto que tem agora em mãos é “O Quadrado”, uma instalação peculiar que convida os visitantes a reflectir sobre altruísmo. Para o ajudar na promoção do evento, Christian conta com o departamento de relações públicas do museu. Mas os eventos que se sucedem acabam por lançar Christian numa crise que fará vir ao de cima uma versão menos “politicamente correcta” de si mesmo…

Fonte: Cinecartaz