A organização da 68ª edição do Festival Internacional de Cinema de Berlim, um dos mais antigos e relevantes festivais de cinema do mundo, a decorrer de 15 a 25 de fevereiro, revelou a lista de filmes de curtas-metragens em competição. De um conjunto de vinte e quatro filmes, três são portugueses: “Russa” de João Salaviza Ricardo Alves Jr., “Onde o Verão Vai (episódios da juventude)” de David Pinheiro Vicente e “Madness” de João Viana.

João Salaviza é já um repetente nesta secção, que em 2012 venceu o Urso de Ouro com “Rafa” e em 2017 apresentou a curta-metragem “Altas Cidades de Ossadas”. Regressa novamente à Berlinale com a curta-metragem “Russa”, realizada em conjunto com Ricardo Alves Jr., a convite da Câmara do Porto, que apresentou a curta no encerramento do Cultura em Expansão, em dezembro de 2017.

“Onde o Verão Vai (episódios da juventude)”, realizado por David Pinheiro Vicente, é um filme realizado em contexto escolar por uma equipa composta por alunos da Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa (ESTC), que produz a curta-metragem. Distribuído pela Portugal Film, esta é a primeira vez que a ESTC tem uma curta seleccionada na competição principal deste festival. “Onde o Verão Vai (episódios da juventude) é sobre a frescura da juventude, o desejo de se descobrir a si próprio no meio dos outros, o poder e a magia da Natureza e sobre os que caminham sem rumo. Para quase todos os membros da equipa artística e equipa técnica, este é o seu primeiro filme; um encontro entre estudantes de cinema recém-formados, ansiando partilhar a sua visão jovem e paixão pelo cinema numa última parte da sua própria viagem.”

A curta-metragem “Madness” marca também o regresso de João Viana também ao festival de Berlim, cinco anos depois de ter exibido “A Batalha de Tabatô” (2013), distinguido com uma menção honrosa na edição de 2012 do Festival Internacional de Cinema de Berlim.

O realizador português Diogo Costa Amarante, que venceu em 2017 o Urso de Ouro na secção Berlinale Shorts, pelo filme “Cidade Pequena”, vai integrar o júri desta mesma secção das curtas-metragens, juntamente com Jyoti Mistry (África do Sul) e Mark Toscano (EUA).

Berlinale Shorts
After/Life, Puck Lo, USA, 15’ (WP)
Alma Bandida, Marco Antônio Pereira, Brazil, 15’ (WP)
And What Is the Summer Saying, Payal Kapadia, India, 23’ (WP)
Babylon, Keith Deligero, Philippines, 20’ (IP)
Besida, Chuko Esiri, Nigeria, 12’ (WP) – out of competition
Blau, David Jansen, Germany, 15’ (WP)
Burkina Brandenburg Komplex, Ulu Braun, Germany, 19’ (WP)
Circle, Jayisha Patel, Great Britain / India / Canada, 14’ (WP)
City of Tales, Arash Nassiri, France, 21’ (WP)
Coyote, Lorenz Wunderle, Switzerland, 10’ (WP)
Imfura, Samuel Ishimwe, Switzerland / Rwanda, 36’ (IP)
Imperial Valley (Cultivated Run-Off), Lukas Marxt, Germany / Austria, 14’ (WP)
Des jeunes filles disparaissent, Clément Pinteaux, France, 16’ (IP)
Madness, João Viana, Mozambique / Guinea-Bissau / Qatar / Portugal / France, 13‘ (WP)
The Men Behind the Wall, Ines Moldavsky, Israel, 28’ (WP)
Onde o Verão Vai (episódios da juventude), David Pinheiro Vicente, Portugal, 20’ (WP)
Russa, João Salaviza & Ricardo Alves Jr., Portugal / Brazil, 20’ (WP)
The Shadow of Utopia, Antoinette Zwirchmayr, Austria, 23’ (IP) – out of competition
Solar Walk, Réka Bucsi, Denmark, 21’ (WP)
Terremoto Santo, Bárbara Wagner & Benjamin de Burca, Brazil, 20’ (IP)
Le Tigre de Tasmanie, Vergine Keaton, France, 14’ (WP)
T.R.A.P, Manque La Banca, Argentina, 16’ (WP)
While I Yet Live, Maris Curran, USA, 15’ (IP)
Wishing Well, Sylvia Schedelbauer, Germany, 13‘ (WP)

Programa Especial da Berlinale Shorts: “1968 – Red Flags for Everyone”
Alaska, Dore O., Federal Republic of Germany, 18‘, 1968
Antigone, Ula Stöckl, Federal Republic of Germany, 9‘, 1964
Farbtest Rote Fahne, Gerd Conradt, Federal Republic of Germany, 12‘, 1968
Fundevogel, Claudia von Alemann, Federal Republic of Germany, 22‘, 1967
I Ruhrområdet, Peter Nestler, Sweden, 34‘, 1967
Ja/Nein, Ernst Schmidt jr., Austria, 3‘, 1968
Kunst & Revolution, Ernst Schmidt jr., Austria, 2‘, 1968
My Name is Oona, Gunvor Nelson, USA, 10‘, 1969
Na und…?, Marquard Bohm & Helmut Herbst, Federal Republic of Germany, 33‘, 1966
Programmhinweise, Christiane Gehner, Federal Republic of Germany, 10‘, 1970
Rohfilm, Birgit & Wilhelm Hein, Federal Republic of Germany, 20‘,
Tapp und Tastkino, VALIE EXPORT, Austria, 2‘, 1968