Dois animadores da Pixar, Andrew Coats (“Inside Out” ou “Brave”) e Lou Hamou-Lhadj (“WALL·E”, “Brave” ou “The Good Dinosaur”), demoraram 5 anos a criar uma animação para adultos, durante os seus tempos livres, a curta-metragem “Borrowed Time”. Os animadores assumiram o argumento e a realização com o objectivo de mostrar que é possível expandir os tipos de histórias que se encontram neste meio, da animação. Os autores quiseram “mostrar que a animação poderia ser um meio para contar qualquer tipo de história.”.

Este filme foi possível concretizar-se através do programa Co-op da Pixar, um programa de desenvolvimento profissional interno que permite aos funcionários utilizarem os recursos da Pixar nos seus tempos livres. A melancólica banda sonora foi criada pelo compositor Gustavo Santaolalla (“Brokeback Mountain”, “Babel”).

“Borrowed Time” conta-nos, em apenas seis minutos, a devastadora história de um xerife que regressa ao local de um trauma de infância, revivendo cada detalhe e dando cada passo até chegar a um precipício.

A curta-metragem pode ser vista na integra.