Annecy 2020: Vencedores

Terminou ontem (20 de junho) a 60.ª edição do Festival Internacional de Cinema de Animação de Annecy, que teve este ano uma versão online, devido à pandemia da COVID-19. O Annecy 2020, que recebeu mais de três mil filmes de mais de noventa países, premiou “Calamity, a Childhood of Martha Jane Cannary”, a segunda longa-metragem do francês Rémi Chayé, com o Prémio Cristal de Melhor Longa-Metragem.

A produção russa “The Nose or the Conspiracy of Mavericks”, de Andrey Khrzhanovsky, venceu o Prémio do Júri e “Kill It and Leave this Town”, do polaco Mariusz Wilczynski, venceu uma menção especial do júri.

Nas curtas-metragens, o prémio de cristal foi para “The Physics of Sorrow”, de Theodore Ushev, e o prémio do júri foi para “Homeless Home”, de Alberto Vázquez. A curta-metragem portuguesa “A Mãe de Sangue”, de Vier Nev, recebeu o prémio Vimeo Staff Pick. “É um jogo de sombras numa viagem hipnótica em que cada imagem tem dupla significação, numa história que são várias. Uma mulher grávida, um casal de homens, um gato e borboletas.”

Vencedores

Longa-Metragem
Prémio Cristal
Calamity, a Childhood of Martha Jane Cannary, de Rémi Chayé (França/Dinamarca)
Prémio do Júri
The Nose or the Conspiracy of Mavericks, de Andrey Khrzhanovsky (Rússia)
Menção Especial do Júri
Kill It and Leave this Town, de Mariusz Wilczynski (Polónia)

Prémio Contrechamp
My Favorite War, de Ilze Burkovska Jacobsen (Letónia, Noruega)
Prémio do Júri Contrechamp
The Shaman Sorceress, de Jae-huun Ahn (Coreia do Sul)

Curta-Metragem
Prémio Cristal
The Physics of Sorrow, de Theodore Ushev (Canadá)
Prémio do Júri
Homeless Home, de Alberto Vázquez (França, Espanha)
Prémio Jean-Luc Xiberras de Primeiro Filme
The Town, de Yifan Bao (China)
Menção Especial do Júri
Freeze Frame, de Soetkin Verstegen (Bélgica)
Menção Especial do Júri
Genius Loci, de Adrien Merigeau (França)
Prémio “Fora dos Limites”
Serial Parallels, de Max Hattler (Alemanha, Hong Kong)