Arranca hoje no Cinema Trindade, no Porto, a Europa 61 – Semana de Cinema Europeu, uma iniciativa da Representação da Comissão Europeia em Portugal e da EUNIC-Portugal e promovida pelo Festival Porto/Post/Doc.

Esta iniciativa visa celebrar os 61 anos de existência da União Europeia (a Comunidade Económica Europeia entrou em vigor a 1 de janeiro de 1958), inspirada no filme “Europa 51” (1952), de Roberto Rossellini. Esta mostra pretende comemorar a Europa enquanto identidade cultural, social e política através da exibição de 14 filmes, provenientes de 14 países diferentes (Alemanha, Áustria, Croácia, Espanha, Finlândia, França, Grécia, Irlanda, Itália, Polónia, Portugal, Reino Unido, República Checa e Roménia) e todos eles importantes para a compreensão daquilo que é a Europa hoje. A Revolução Francesa, a II Guerra Mundial, a Primavera de Praga ou a atual crise de refugiados são alguns dos temas contemplados nesta programação.”

A sessão de abertura realiza-se hoje, pelas 19h, com a exibição de “Piazza Vittorio”, de Abel Ferrara, um documentário que celebra a praça romana com o mesmo nome. O filme é um retrato contemporâneo da maior praça de Roma, coração da diversidade multicultural da cidade.

Já o filme de encerramento, no dia 22 de maio, será “The Waldheim Waltz”, de Ruth Beckermann, que ganhou o prémio de Melhor Documentário no Festival de Berlim. Um filme em que Ruth Beckermann recorre ao seu arquivo e a material televisivo internacional para analisar o passado nazi do antigo secretário-geral das Nações Unidas e presidente austríaco, Kurt Waldheim.

A representar Portugal estará o documentário “Bostofrio, où le ciel rejoint la terre”, de Paulo Carneiro, rodado em Boticas, Trás-os-Montes, no qual o realizador procura respostas a alguns temas proibidos sobre o seu passado familiar.

Até dia 22 de maio será possível ver catorze longas-metragens e ainda duas sessões de curtas: a primeira exibe os filmes resultantes da iniciativa “EU and ME”, realizados com base em ideias sugeridas por jovens através de telemóveis e selecionadas via concurso; e a outra apresenta uma seleção dos filmes nomeados para os prémios BAFTA (Academia Britânica de Artes Cinematográficas e Televisivas) em 2018.

Programa
Um Violento Desejo de Felicidade, de Clément Schneider · França · 2018
A Valsa de Waldheim, de Ruth Beckermann · Áustria · 2018
Jan Palach, de Robert Sedláček · Rep. Checa · 2018
Meda Ou a Parte Não Tão Feliz das Coisas, de Emanuel Pârvu · Roménia · 2017
Viagem ao Quarto de uma Mãe, de Celia Rico Clavellino · Espanha · 2018
Bostofrio, où le ciel rejoint la terre , de Paulo Carneiro · Portugal · 2018
Não Sou uma Feiticeira, de Rungano Nyoni · Reino Unido · 2017
A Imagem Que Perdeste, de Donal Foreman · Irlanda · 2018
Mali, de Antonio Nuić · Croácia · 2018
Piazza Vittorio, de Abel Ferrara · Itália · 2017
Adam e Evelyn, de Andreas Goldstein · Alemanha · 2018
Noite Feliz, de Piotr Domalewski · Polónia · 2017
O Emprego Dela, de Nikos Labôt · Grécia · 2018
A Leste da Suécia, de Simo Halinen · Finlândia · 2018