O realizador canadiano James Cameron vai realizar mais dois filmes baseados no mundo de Pandora. Confirmaram-se as estreias de “Avatar 2” em Dezembro de 2014 e “Avatar 3” em Dezembro de 2015. O realizador vai começar a escrever os argumento para os filmes no início do próximo ano, para que no final de 2011 possa iniciar a produção dos mesmos. A produtora de Cameron e de Jon Landau, Lightstorm Entertainment, que produziu “Titanic” e “Avatar”, irá produzir as duas sequelas. Consta que as sequelas não vão dar seguimento à história do primeiro filme. Uma delas irá centrar-se no mundo subaquático, nos oceanos, de Pandora, onde vai ser possível continuar a explorar o poder visual de Avatar. Os dois filmes serão lançados em 3D, como o primeiro, a não ser, que entretanto a “moda” das três dimensões desapareça.

 

“Avatar” rendeu mais de 2 mil milhões de euros em receitas (com os lucros do 3D, que ajudaram bastante), ultrapassando o recorde que pertencia a “Titanic”, também realizado por James Cameron em 1997, que rendeu 1,3 mil milhões de euros.

 

Na maior parte dos casos, um bom argumento é sinónimo de um bom filme. “Avatar” tem um fraco argumento, logo, também é um fraco filme. O Cinema 7ª Arte não espera muito das duas próximas sequelas. Espera que, no mínimo, não sejam tão fracas como o primeiro.