Azor (2021)

“Azor – Nem uma Palavra” – estreia da primeira longa-metragem de Andreas Fontana

Estreia esta quinta-feira (dia 21), o thriller político Azor – Nem uma Palavra (Azor), com argumento e realização de Andreas Fontana, e distribuição em Portugal da Legendmain Filmes.

Vindo directamente da selecção oficial da Berlinale 2021, ‘azor’ na gíria bancária significa ‘cuidado com o que dizes’, pelo que o filme promete uma estética de suspense e drama.

Com Fabrizio Rongione, Stéphanie Cléau, Carmen Iriondo, Juan Trench no elenco, para além de vários idiomas falados, Azor – Nem uma Palavra conta-nos que Yvan de Wiel é um banqueiro suíço que chega com a mulher à Argentina na época da ditadura militar. O objectivo é substituir um colega que desapareceu sem deixar rasto. Habituado ao rigor do seu país, depressa se apercebe da estranha relação de promiscuidade que ocorre entre a banca e  os militares, os empresários e os diplomatas.

Skip to content