8   +   8   =  

Charlotte Rampling, atriz nomeada para um Óscar pelo seu papel em “45 Anos” e cuja carreira inclui mais de 100 projetos em cinema e televisão, será homenageada com um Urso de Ouro Honorário.

O festival prestará tributo a Rampling através de uma retrospetiva da sua carreira, onde se incluirão filmes como “O Veredicto” (1982), de Sidney Lumet, “Swimming Pool” (2003), de François Ozon e “Hannah” (2017), de Andrea Pallaoro.

“Fico muito feliz que a homenageada deste ano seja Charlotte Rampling”, disse Dieter Kosslick, diretor do festival. “Ela é um ícone do cinema pouco convencional.”

A atriz de 72 anos arrecadou o Urso de Prata em 2015 pela sua interpretação em “45 Anos”, de Andrew Haigh, tendo recebido nesse mesmo ano a nomeação ao Óscar. Além disso, presidiu ao júri do Festival de Berlim em 2006.

Rampling encontra-se em filmagens para o seu próximo filme, “Benedetta”, de Paul Verhoeven, cuja estreia está marcada para o próximo ano.