mosquito-joao-nunes-monteiro
João Nunes Monteiro em "Mosquito" (2020).

Berlinale 2022: João Nunes Monteiro é um dos talentos europeus emergentes na Shooting Stars

O jovem ator português João Nunes Monteiro vai marcar presença no programa europeu de talentos na 25.ª edição do Shooting Stars, criado pela agência de cinema European Film Promotion (EFP), que distingue 10 talentos europeus em ascensão, com potencial para terem uma carreira internacional. A iniciativa vai decorrer durante a Berlinale – Festival Internacional de Cinema de Berlim, entre os dias 11 e 14 de fevereiro.

Com 29 anos, João Nunes Monteiro, é um dos 10 talentos europeus emergentes seleccionados para a 25.ª edição, e que será apresentado à imprensa internacional, à indústria e ao público: Gracija Filipović (Croácia), Marie Reuther (Dinamarca), Anamaria Vartolomei (França), Emilio Sakraya (Alemanha), Clare Dunne (Irlanda), Hanna van Vliet (Holanda), Timon Sturbej (Eslovênia), Evin Ahmad (Suécia) e Souheila Yacoub (Suíça).

“Quase como uma fada ou uma criatura mítica, é um camaleão cujo desempenho é sempre perfeitamente adequado às idiossincrasias de cada projeto”, é assim que o júri do programa Shooting Stars descreve o ator português.

Com uma carreira entre o teatro e televisão, João Nunes Monteiro tem revelado uma carreira promissora no cinema, tendo sido o protagonista de “Mosquito” (2020), de João Nuno Pinto, o que lhe valeu o Prémio Novo Talento atribuído pela Fundação GDA e o prémio Sophia de Melhor Ator. Recentemente destacou-se em “Diários de Tsugua”, de Miguel Gomes e Marueen Fazendeiro, que estreou na Quinzena dos Realizadores de Festival de Cannes.

O ator participou ainda em filmes como “O Cônsul de Bordéus” (2011), “Cartas da Guerra” (2016), “Verão Danado” (2017) e “Soldado Milhões” (2018). Este ano podemos vê-lo no novo filme de Sérgio Graciano, “Salgueiro Maia – O Implicado”, que deverá estrear em abril deste ano.

Skip to content