Caleb Landry Jones no novo filme de Luc Besson

caleb-landry-jones

Caleb Landry Jones vai ser protagonista no filme de regresso do realizador francês Luc Besson, “DogMan”.

Luc Besson (“O Quinto Elemento”, “Lucy”) é o autor do argumento e realizador, para além de produtor, através da sua empresa LBP. EuropaCorp, fundada por Besson e com participação da nova iorquina Vine Alternative, que vai co-produzir.

Luc Besson
Luc Besson

“DogMan” entrará na fase de produção previsivelmente em maio e será rodado sobretudo em França e nos Estados Unidos da América. A história centra-se numa criança que, marcada pela vida, cresce e encontra a sua salvação através do amor aos seus cães.

A produção estará a cargo de Virginie Besson-Silla, que produziu os últimos cinco filmes de Besson, incluindo “Lucy”, e Steve Rabineau, que se juntou a LBP em 2019 depois de uma bem sucedida carreira como agente de topo na William Morris Agency por mais de três décadas.

Caleb Landry Jones chega no rescaldo da sua atuação laureada em Cannes com o prémio de Melhor Ator no filme “Nitram” (2021), de Justin Kurzel, mas antes protagonizou “The Florida Project”, o título de Sean Baker nomeado aos Óscares, e outros filmes que ganharam Óscares, como “Foge” ou “Três Cartazes à Beira da Estrada”.

“DogMan” marca o regresso de Besson após um hiato de três anos após “Anna – Assassina Profissional”, um thriller estreado em 2019 com Sasha Luss, Helen Mirren, Luke Evans e Cillian Murphy.

A carreira de Luc Besson é indissociável de uma série de filmes do passado que foram tanto bons filmes como grandes sucessos de bilheteira feitos em francês, sendo autor de “Leon, o Profissional”, com Natalie Portman e Jean Reno, “Nikita – Dura de Matar” e mais recentemente “Lucy”, com Scarlett Johansson.

"Léon, o Profissional"
“Léon, o Profissional”

Aventurou-se ainda pela ficção científica, com “O Quinto Elemento”, com Bruce Willis e Milla Jovovich e “Valerian e a Cidade dos Mil Planetas”, cujo comportamento nas bilheteiras a nível global acabaria por deixar a LBP. EuropaCorp no vermelho, abrindo a porta à entrada da empresa parceira Vine Alternative Investments.

Skip to content