Arranca hoje a 23ª edição do Festival Caminhos do Cinema Português, no Teatro Académico Gil Vicente, em Coimbra, onde serão apresentados cerca de 130 filmes.

A primeira sessão, marcada para as 15 horas no TAGV, conta com a estreia do documentário “Quem é Bárbara Virgínia?” de Luísa Sequeira, sobre a primeira mulher a realizar um filme em Portugal.

Pelas 17h30 é exibido o documentário “Nasci com a Trovoada – Autobiografia póstuma de um cineasta” serve de homenagem a Manuel Guimarães, o único realizador neo-realista do cinema nacional.

A cerimónia de abertura do Caminhos acontece às 21h45, no TAGV, com o discurso do Diretor do Festival, Vítor Ferreira, seguindo-se o visionamento de “A Costureirinha”, produção da sexta edição do curso de cinema – ‘Cinemalogia’. A sessão decorre com a exibição da curta de animação “Água Mole”, de Laura Gon­çal­ves e Ale­xan­dra Rami­res (Xá); a animação de Sara Barbas, “Última Cha­mada”; o documentário de ficção “Ubi Sunt” de Salomé Lamas, e as curtas metragens “Farpões Baldios” de Marta Mateus e “O Homem de Trás-os-Montes” de Miguel Moraes Cabral encerram o primeiro dia de festival.

Ver selecção oficial.

Fonte: Caminhos