Titane-Julia-Ducournau-cannes-2021

Cannes 2021: Vencedores

Spike Lee precipitou-se e anunciou o vencedor da Palma de Ouro logo no inicio da cerimónia de encerramento da 74.ª edição do Festival de Cannes, tendo revelado “Titane”, Julia Ducournau, como o grande vencedor de Cannes, o filme sensação e o mais violento da competição. A realizadora fez história ao ser a segunda mulher a vencer uma Palma de Ouro, depois de Jane Campion em 1993 com “O Piano“. Julia Ducournau disse: “Há tanta beleza e emoção a ser encontrada no que não pode ser rotulado. Obrigado ao Júri por pedir mais diversidade nas nossas experiências cinematográficas e nas nossas vidas. E obrigado ao Júri por deixar os monstros dentro.”. O filme francês conta a história de uma mulher que se transforma numa assassina compulsiva.

O momento imprevisto do presidente do Júri causou alguns embaraços, mas não retirou nenhum suspense aos vencedores das outras categorias. O Grande Prémio do Júri foi dividido entre o finlandês “Hytti Nº 6”, de Juho Kuosmanen, e o iraniano “Ghahreman”, de Asghar Farhadi. Leos Carax venceu o prémio de Melhor Realização por “Annette”, o de Melhor Argumento foi para o japonês “Drive My Car”, de Hamaguchi Ryusuke, o de Melhor Atriz foi para a norueguesa Renate Reinsve, em “The Worst Person in the World”, e o de Melhor Ator foi para o norte-americano Caleb Landry Jones, em “Nitram”. O Prémio do Júri foi também dividido entre o israelita “Ahed’s Knee“, de Nadav Lapid, e o tailandês “Memoria“, de Apichatpong Weerasethakul.

Na secção Un Certain Regard, o grande vencedor foi “Razzhimaya Kulaki”, a segunda longa-metragem da russa Kira Kovalenko, e “Drive My Car”, de Ryusuke Hamaguchi, venceu o Prémio FIPRESCI da selecção oficial.

Palmarés 2021
Palma de Ouro
Titane, de Julia Ducournau
Grande Prémio do Júri ex-aequo
Compartment Number 6, de Juho Kuosmanen
A Hero, de Asghar Farhadi
Melhor Realização
Leos Carax, por Annette
Prémio do Júri ex-aequo
Ahed’s Knee, de Nadav Lapid
Memoria, de Apichatpong Weerasethakul
Melhor Argumento
Drive My Car, por Ryusuke Hamaguchi
Melhor Ator
Caleb Landry Jones, em Nitram
Melhor Atriz
Renate Reinsve, em The Worst Person in the World
Câmara de Ouro para Melhor primeira obra
Musrina, de Antoneta Alamat Kusijanovic
Palma de ouro para Melhor Curta-Metragem
Tian xia wu ya, de Yi Tang

Prémio FIPRESCI
Selecção oficial
Drive My Car, de Ryusuke Hamaguchi
Un Certain Regard
Playground, de Laura Wandel
Semana da Crítica
Feathers, de Omar El Zohairy

Secção Un Certain Regard
Prémio Un Certain Regard
Razzhimaya Kulaki, de Kira Kolavenko
Prémio de Júri
Grosse Freiheit, de Sebastian Meise
Prémio Especial pela coragem
La Civil, de Teodora Ana Mihai
Prémio Especial pela originalidade
Lamb, de Valdimar Jóhannsson
Prémio Especial pelo elenco
Bonne Mère, de Hafsia Herzi
Menção Especial
Noche de Fuego, de Tatiana Huezo

Skip to content