Christopher Nolan quer “Tenet” nas salas de cinema

Durante a conferência online semanal com o CEO da IMAX, Richard Gelfond, sobre os ganhos da empresa em tempos de pandemia, o executivo adiantou que Christopher Nolan gostaria muito de poder estrear o seu filme nas salas de cinema e que está a trabalhar horas extra para que isso aconteça.

O seu novo filme “Tenet” tem como protagonistas Robert Pattinson e John David Washington e sabemos que se trata de uma história de espionagem. Nolan afirma que este é o seu filme mais ambicioso, o que é dizer muito, tendo em conta que estamos a falar do realizador de filmes como “O Cavaleiro das Trevas” (2008), “A Origem” (2010) e “Dunkirk” (2017), mas o orçamento para este seu filme mais recente é maior do que para estes três filmes, visto que foi filmado em sete países diferentes.

A Warner Bros. está a manter a estreia prevista para dia 17 de julho e os seus parceiros de exibição, como é o caso da IMAX, continuam a planear o verão de acordo com este tentpole (um filme que fará tantos ganhos que cobrirá as despesas da produtora com outros filmes menos lucrativos). Assim, com este compromisso de Nolan para com este filme, vai ser difícil lançá-lo apenas em plataformas digitais.

Neste momento, a IMAX está a depender de técnicas de teletrabalho para continuar a poder, em julho, estrear o filme de Nolan nas salas de cinema. Enquanto isso, novas medidas foram tomadas no início desta semana pela National Association of Theatre Owners, para garantir a abertura segura das salas de cinema, caso algumas das maiores cadeias cinematográficas voltarem a poder abrir em julho.