Christopher Nolan: Realizador revela que seus dois filmes favoritos atualmente são “Aftersun” e “Vidas Passadas”

Design sem nome 41

Parece que não são apenas os membros da nossa equipa que têm predileção por filmes cults independentes.

Recentemente, Christopher Nolan, nomeado ao Óscar de Melhor Realização pelo drama histórico “Oppenheimer”, revelou a Jeffrey Kluger, da revista Time, que atualmente seus dois filmes preferidos são “Aftersun” (2022), de Charlotte Wells, e “Vidas Passadas” (2023), de Celine Song.

Nolan confidenciou à Kluger que a produção com Paul Mescal e Frankie Corio é “simplesmente um filme lindo”, enquanto o título estrelado por Greta Lee e Teo Yoo, concorrente ao Óscar deste ano, inclusive contra “Oppenheimer”, é “sutil de uma maneira bonita”.

Na extensa entrevista concedida a Kluger, Nolan também admitiu que não se envolveria em algo mais sutil e de menor escala. Sobre a questão, ele declarou:

 

“Sinto-me atraído por trabalhar em grande escala porque sei quão frágil é a oportunidade de mobilizar esses recursos”.

 

Acrescentando, ele disse:

 

“Eu sei que existem tantos realizadores no mundo que dariam tudo para ter os recursos que reuni, e sinto que tenho a responsabilidade de usá-los da maneira mais produtiva e interessante”.

 

Aftersun

Estreado na 75ª edição do Festival de Cannes, onde foi agraciado com o Prémio French Touch da Semana da Crítica, “Aftersun”, a primeira obra cinematográfica da realizadora escocesa Charlotte Wells, narra as experiências de Sophie (Frankie Corio) durante suas férias com o pai, Callum (Paul Mescal), na Turquia, nos anos 1990.

Jovem e separado da mãe de Sophie, Callum e a filha passam os dias à beira da piscina, explorando a região em passeios esporádicos, enquanto se entregam a conversas e discussões.

À medida que a adolescência se desenha no horizonte, Callum enfrenta o fardo da vida além da paternidade, vislumbrando o mundo através dos olhos da filha. Duas décadas depois, as recordações afetuosas de Sophie sobre aquelas férias tornam-se um retrato poderoso e comovente de seu relacionamento com o pai.

Nessa jornada, ela tenta reconciliar a imagem do pai que conheceu naqueles dias com o homem que ele se tornou, explorando a complexidade e a evolução desse vínculo ao longo do tempo.

 

Vidas Passadas

Com duas nomeações para os Óscares, incluindo Melhor Filme e Melhor Argumento Original, “Vidas Passadas”, o primeiro filme escrito e realizado por Celine Song, é um romance moderno que questiona o destino e conta a história de Nora e Hae Sung, dois jovens amigos sul-coreanos com uma ligação profunda que, depois da emigração da família da jovem, perdem o contacto.

Entretanto, as vidas de ambos seguem rumos distintos: Nora é agora uma ambiciosa escritora, casada com Arthur, e Hae Sung um engenheiro. Duas décadas mais tarde, Hae Sung tenta localizar Nora e combinam reencontrar-se em Nova Iorque durante uma semana.

Estreado no Festival de Cinema de Sundance, e com três nomeações para os BAFTA, esta produção da A24 conta no elenco com Greta Lee e Teo Yoo nos papéis principais, e nos secundários com nomes como John Magaro, Jane Kim e Jack Alberts.

Inspirada na expressão coreana ‘In-Yun’- que significa destino – e explora as emoções honestas, contraditórias e devastadoras dos reencontros, “Vidas Passadas” baseia-se na experiência pessoal da realizadora, que faz um retrato dos choques culturais e das realidades migratórias.

Skip to content