Terminou à instantes a 36ª edição do CINANIMA – Festival Internacional de Cinema de Animação de Espinho, o maior festival de cinema de animação realizado em Portugal e um dos mais antigos deste tipo de cinema em todo o mundo. O Grande Prémio Cinanima 2012 foi para “Les Grand Ailleurs et le Petit Ici”, realizado por Michèle Lemieux, do Canadá. O prémio Especial do Júri, na competição internacional, foi atribuído a “Head Over Heel”, do inglês Tim Reckart. Na competição nacional, “Outro Homem Qualquer”, de Luís Soares, venceu o prémio António Gaio. A curta premiada de Regina Pessoa, “Kali, o Pequeno Vampiro” venceu dois prémios, uma Menção Especial do Júri e o de Melhor Banda Sonora Original (The Young Gods). O também multi-premiado cineasta José Miguel Ribeiro, venceu o prémio de Melhor Curta-Metragem – Publicidade e Informação, pelo filme “A Energia na Terra chega para todos”. Na secção das longas-metragens, o júri deliberou não atribuir nenhum prémio nesta categoria. Os filmes premiados podem ser vistos amanhã, a partir das 11h da manhã.

 

Competição Internacional

Grande Prémio Cinanima 2012

Les Grand Ailleurs et le Petit Ici, de Michèle Lemieux (Canadá)

 

Prémio Especial do Júri

Head Over Heels, de Tim Reckart (Reino Unido)

 

Prémio Melhor Curta-Metragem – Até 5 minu tos/ Prémio Alves Costa

Demoni, de Theodore Ushev (Canadá)

 

Prémio Melhor Curta-Metragem – Mais de 5 minutos até 25 minutos

Oh Willy…, de Emma de Swaef e Marc Roels (Bélgica)

 

Prémio Melhor Curta-Metragem – Filme de Fim de Estudos e/ ou Filme de Escola/ Prémio Gaston Roch

Swarming, de Joni Männistö (Finlândia)

 

Prémio Melhor Curta-Metragem – Publicidade e Informação

A Energia na Terra chega para todos, de José Miguel Ribeiro (Portugal)

 

Prémio José Abel

Along the Way, de Georges Schwizegebel (Suíça)

 

Menções Especiais do Júri

Villa Antropoff, de Vladimir Leschiov e Kaspar Jancis (Letónia)

Edmond Etait un Âne, de Franck Dion (França)

Rossignoils en Decémbre, de Theodore Ushev (Canadá)

Revolution, de Kata Halasz (Reino Unido)

Kali, o Pequeno Vampiro, de Regina Pessoa (Portugal)

 

Prémio RTP2: Onda Curta

Écarte de Conduiteo, de Rocío Alvarez (França)

Les Souvenirs, de Renaud Martin (França)

Fado do Homem Crescido, de Pedro Brito (Portugal)

Les Mots de la Carpe, de Lucrèce Andreae (França)

Feral, de Daniel Sousa (EUA)

Oh Willy…, de Emma de Swaef e Marc Roels (Bélgica)

 

Prémio do Público

A Morning Stroll, de Grant Orchard (Reino Unido)

 

Prémio Melhor Banda Sonora Original

Kali, o Pequeno Vampiro, de Regina Pessoa (Portugal)

 

Competição Nacional

Prémio António Gaio

Outro Homem Qualquer, de Luís Soares

 

Prémio Jovem Cineasta Português (Menos de 18 anos)

Sem Papas na Língua, de Crianças das Oficinas do ANILUPA

 

Prémio Jovem Cineasta Português (Mais de 18 anos)

Branco, de Raquel Felgueiras

 

Prémio Jovem Cineasta Português – Menção Honrosa

Cor, de Ana Linnea Lidegran Correia

Olinda, de Margarida Madeira