Aproxima-se a 43.ª Festa do Avante!, de 6 a 8 de setembro, na Quinta da Atalaia, com o seu habitual espaço dedicado ao cinema, o CineAvante“Bem no coração do Espaço Central, este é um espaço onde o visitante da Festa pode ver o que de melhor e mais actual se faz no cinema português, onde o visitante pode falar com realizadores, atores e outros participantes, num ambiente de liberdade, crítica e criatividade que é também a Festa”.

O programa mantém como parceiro o Festival MONSTRA com as suas curtas de animação da secção Monstrinha. O CineAvante continua a dedicar-se a sua atenção ao cinema português, com obras como “Raiva”, “As Armas e o Povo”, “Terra Franco”, “Chuva é cantoria na aldeia dos mortos” e “Parque Mayer”.

 

Longas-Metragens
Raiva, de Sérgio Tréfaut (2017)
O Silêncio dos Outros, de Almudena Carracedo e Robert Bahar (2018)
As Armas e o Povo (1975)
Terra Franca, de Leonor Teles (2018)
Chuva é cantoria na aldeia dos mortos, de João Salaviza e Renée Nader Messora (2018)
Parque Mayer, de António-Pedro Vasconcelos (2018)
Bostofrio, de Paulo Carneiro (2017)
Le Drôle de Mai: Crónica dos anos da lama, de José Vieira (2008)

Curtas-Metragens
15 Memórias de Fogo, de Tiago Cerveira e Rodrigo Oliveira (2018)
Gaza, de Julio Perez del Campo e Carlos Bover Martínez (2018)
Past Perfect, de Jorge Jácome (2019)
Lá Longe, de David Mira e Manuel Felícia (2013)

Animação
Monstra à solta…na Festa! – em colaboração com o Monstra – Festival de Animação de Lisboa (21 curtas)

(Programa em atualização)