A plataforma de streaming Filmin continua a aumentar o seu catálogo de filmes, disponibilizando a partir do dia 1 de maio uma coleção de cinema soviético para assinalar o 1.º de Maio, o dia internacional do trabalhador.

Ao todo são treze clássicos russos, que vão desde “O Homem da Câmara de Filmar” (1929), de Dziga Vertov, “Arsenal” (1929), de Aleksandr Dovzhenko, “Adeus a Matiora” (1983), de Elem Klimov, “O Tio Vânia” (1971), de Andrei Konchalovsky, e “Siberíada” (1979), de Andrey Konchalovskiy, entre outros.

“Como contraponto, vamos explorar alguns dos momentos mais quentes da guerra fria com a furiosa entrada pelo catálogo adentro da trilogia Rambo”. A Filmin vai contar no seu catálogo com “Rambo: A Fúria do Herói” (1982), “Rambo II – A Vingança do Herói” (1985) e “Rambo III” (1988).

A Filmin vai enriquecer ainda o seu catálogo com filmes como “Diário de Sobrevivência” (2013), do húngaro János Szász, “O Caçador” (1978), uma das obras-primas de Michael Cimino, “O Amante Duplo” (2017) e “Graças a Deus” (2018), ambos de François Ozon, e o filme inédito “Salve Satanás?” (2019), de Penny Lane“um documentário que narra a extraordinária ascensão de um dos movimentos satânicos mais controversos da história dos EUA”.