sala-de-cinema-NOS

Cinemas NOS reabrem em julho

Os Cinemas NOS vão reabrir em julho com uma oferta diversificada de filmes em estreia para este verão.

A NOS Cinemas, a maior cadeia de salas de cinema em Portugal, tem os seus 31 complexos de cinemas e 219 salas em todo o país encerrados há quase quatro meses, desde o dia 16 de março, devido à pandemia da COVID-19.

A distribuidora NOS Audiovisuais vai dedicar uma programação especial num ciclo dedicado ao realizador Christopher Nolan, para assinalar 10 anos da estreia de “A Origem”, que está de volta ao grande ecrã a 30 de julho e antecipa a estreia mundial de “Tenet”, agendada para 12 de agosto nos cinemas nacionais.

O ciclo de tributo a Nolan inicia-se a 2 de julho com a exibição de “Dunkirk”, o épico de guerra estreado em 2017 e nomeado para 8 Óscares da Academia e a 9 de julho será reposto “Interstellar” (2014).

Também a 2 de julho estreia “A Verdade”, do cineasta japonês Hirokazu Koreeda, protagonizado por Catherine Deneuve, Juliette Binoche e Ethan Hawke e há ainda a estreia da comédia francesa “Agente Super Secreto”, um filme irreverente que junta Dany Boon a Philippe Katerine.

O novo filme da Disney, a versão live-action de “Mulan”, a épica história da lendária guerreira chinesa, chega a 20 de agosto ao grande ecrã.

A NOS Audiovisuais vai ainda estrear nove filmes de produção nacional até setembro. Em julho estreiam: “Faz-me Companhia”, a primeira longa-metragem de Gonçalo Almeida; “Surdina”, do realizador Rodrigo Areias, com argumento de Valter Hugo Mãe e banda sonora de Tó Trips; “Patrick”, o primeiro filme de Gonçalo Waddington; e “Zé Pedro Rock’n’Roll”, documentário sobre o guitarrista dos Xutos e Pontapés, realizado por Diogo Varela.

“A Impossibilidade de Estar Só”, de Sérgio Graciano, tem estreia agendada para 6 de agosto, “Golpe de Sol”, do realizador Vicente Alves do Ó, chega aos cinemas a 13 de agosto, e “Alice Nova Iorque e Outras Histórias”, o drama satírico de Tiago Durão, rodado entre Lisboa e Nova Iorque, estreia a 20 de agosto. Em setembro, estreiam “O Som que Desce da Terra”, de Sérgio Graciano, no dia 17, e “O Ano da Morte de Ricardo Reis”, uma adaptação de João Botelho para cinema do livro homónimo de José Saramago, estreia a 24 de setembro.

Ainda não é oficial que as salas dos Cinemas NOS reabram na próxima quinta-feira, 2 de julho, mas é muito provável que as salas abram portas ao público.

Programação Especial Christopher Nolan 
02 de julho: Dunkirk
09 de julho: Interstellar
30 de julho: A Origem (Inception)

Estreias de Verão

02 de julho
A Verdade
Agente Super Secreto
Faz-me Companhia
Freaks

09 de julho
A Cor da Ambição
Military Wives-Mulheres de Armas
Wasp Network-Rede de Espiões
Surdina
SamSam

16 de julho
À Luz da Noite
Arkansas- Rei do Crime
Correr Por Um Sonho
Mulher-Maravilha – Reposição

23 de julho
Clube Dos Divorciados
Patrick
Ofélia

30 de julho
Judy&Punch – Amor e Vingança
Zé Pedro Rock’n’Roll

06 de agosto
Bem-Vindos a África
Impossibilidade de Estar Só
Liga dos Animais Fantásticos

12 de agosto
Tenet

13 de agosto
Golpe de Sol
Posto de Combate
O Jardim Secreto

20 de agosto
Alice Nova Iorque e Outras Histórias
Força da Natureza
Capone
Um Dragão Altamente
Mulan

27 de agosto
#EstouAqui
Os Novos Mutantes
Radioativo