25 de Abril

David Byrne, Stephanie Hsu e os Son Lux vão atuar nos Óscares

Stephanie Hsu Stephanie Hsu

Uma parceria entre o músico David Byrne e o trio americano de música experimental Son Lux e a atriz Stephanie Hsu, a Joy de “Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo”, trará à cerimónia dos Óscares sonoridades diferentes do habitual, a 12 de março.

David Byrne não é um estranho a andanças, ele que já ganhou um Óscar pela banda sonora original de “O Último Imperador”, de Bernardo Bertolucci. Regressa agora, 30 anos depois, para atuar na 95.ª edição da entrega dos prémios mais cobiçados do cinema.

Retrato de David Byrne, por Deborah Feingold
Retrato de David Byrne, por Deborah Feingold

Na cerimónia, será interpretada a música que está nomeada aos Óscares, This is A Life, deTudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo, que originalmente é cantada, nos créditos finais, por David Byrne e pela cantora Mitski, aqui substituída por Stephanie Hsu. This is A Life foi composta por Ryan Lott, Byrne e Mitski, com letra de Lott e Byrne.

Stephanie Hsu, apesar de não cantar originalmente este tema, é vocalista num outro, pertencente à banda sonora do filme, Sucked Into A Bagel, baseado numa melodia improvisada pela atriz na sua audição.

David Byrne permanece, ainda hoje, como um dos músicos mais influentes da música universal, antigo vocalista e guitarrista da excêntrica banda norte-americana Talking Heads e vencedor do Óscar em 1987 em colaboração com Ryuichi Sakamoto e Cong Su.

“Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo” está nomeado para 11 Óscares, incluindo Melhor Filme e Melhor Banda Sonora Original, da autoria dos Son Lux, e tem vindo a deixar um verdadeiro rasto de (boa) destruição por todos os certames de prémios por que tem passado nesta temporada.

Son Lux
Son Lux

This Is A Life compete como Melhor Canção com Applause, de “Tell It Like a Woman”, que será interpretada por Sofia Carson e Diane Warren na cerimónia; Hold My Hand, de “Top Gun: Maverick”; Lift Me Up, de “Black Panther: Wakanda para Sempre” que será interpretada por Rihanna; e Naatu Naatu, de “RRR (Rise Roar Revolt)”.

Skip to content