2   +   3   =  

"The Wind Rises" (2013)_6

O destaque desta semana vai para o filme de animação “As Asas do Vento”, dos estúdios Ghibli. Com argumento e realização do mestre de animação japonês Hayao Miyazaki (“Princesa Mononoke”, “A Viagem de Chihiro”, “O Castelo Andante”, “Ponyo à Beira-Mar”), um filme animado que cruza as histórias reais do engenheiro Jiro Horikoshi (1903-1982) e do poeta Tatsuo Hori (1904-1953). “As Asas do Vento” teve uma nomeação para o Globo de Ouro de Melhor Filme Estrangeiro e para o Óscar de Melhor Filme de Animação. “As Asas do Vento” estreia hoje nas salas de cinema nacionais.

Inspirado pela obra do italiano Gianni Caproni (1886-1957), responsável pela criação de vários bombardeiros usado pelas frotas italianas, francesas, britânicas e americanas durante a Primeira Grande Guerra, o jovem japonês Jiro Horikoshi deseja aprender tudo o que esteja ligado aos aviões. Como usa óculos desde pequeno, não pode ser aviador, pelo que dedica a sua vida ao estudo de aeronáutica. Depois de terminar os estudos superiores, consegue trabalho numa grande empresa da área. Por demonstrar grandes capacidades, é-lhe dada a liberdade para construir os seus próprios protótipos. Jiro acaba por se tornar um dos mais importantes engenheiros de aeronáutica do seu tempo. Percorrendo os eventos mais representativos da vida desta personagem, o filme acompanha os grandes acontecimentos da História, recriando o sismo que teve lugar em Kantō (Japão) a 1 de Setembro de 1923, os terríveis anos da Grande Depressão, a epidemia de tuberculose ou a entrada do Japão na Segunda Grande Guerra.

Sinopse: Cinecartaz Público