O destaque desta semana vai para a terceira longa-metragem do russo Andreï Zvyaguintsev, depois de “O Regresso” (Leão de Ouro no Festival de Veneza de 2003) e “The Vanishment” (Prémio de Interpretação no Festival de Cannes de 2007), uma história dramática sobre a sobrevivência e a solidão. O filme foi seleccionado para o Festival de Cannes de 2011, arrecadando o Prémio Especial do Júri. “Elena” estreia hoje nos cinemas nacionais.

 

Elena e Vladimir (Nadezhda Markina e Andrey Smirnov) já passaram dos 60 e, apesar de um passado tão díspar, mantêm um casamento estável. Ele é um homem frio e distante, que nunca conseguiu manter um bom relacionamento com Katerina (Elena Lyadova), a filha de um casamento anterior. Ela, uma mulher simples, de temperamento doce, está sempre preocupada com o futuro de Sergey (Aleksey Rozin), o seu único filho, que luta com graves dificuldades financeiras e mal consegue sustentar a mulher e os seus dois filhos. Certo dia, depois de um ataque cardíaco que o leva ao hospital, Vladimir decide reatar com a filha e fazê-la herdeira de toda a sua fortuna. Uma decisão que compromete as esperanças de Elena em ajudar o filho e os netos a terem uma vida melhor. Porém, algo parece ter ateado nela uma capacidade de luta que nada deixava adivinhar.

Sinopse: Cinecartaz Público