Directors Guild of America 2024: Greta Gerwig e Christopher Nolan entre os nomeados

A realizadora Greta Gerwig (à esquerda) e o ator Ryan Gosling (à direita), durante as filmagens de "Barbie"
A realizadora Greta Gerwig (à esquerda) e o ator Ryan Gosling (à direita), durante as filmagens de "Barbie"

Os realizadores dos blockbusters do verão de 2023, Greta Gerwig, por “Barbie”, e Christopher Nolan, por “Oppenheimer”, encontram-se entre os nomeados da 76.ª edição dos Directors Guild of America (DGA), os prémios do sindicato de realizadores norte-americanos.

Os prémios da DGA são apontados como os melhores indicadores para os Óscares. Normalmente quem ganha este prémio vence, para além do Óscar de Melhor Realizador, o de Óscar de Melhor Filme. Em 2023 a tendência voltou a confirmar-se com Dan Kwan e Daniel Scheinert, a dupla de realização da comédia de ficção científica de “Tudo em Todo o Lado ao Mesmo Tempo”, a vencer o prémio de Melhor Realização nos DGA e nos Óscares.

Este ano, a categoria de Melhor Realização é composta por uma mulher (Greta Gerwig) e quatro homens, veteranos: Yorgos Lanthimos, por “Pobres Criaturas”, Alexander Payne, por “Os Excluídos”, Christopher Nolan, por “Oppenheimer”, e Martin Scorsese, por “Assassinos da Lua das Flores”. Nolan e Scorsese são

Na categoria de Melhor Primeiro Filme, repete o formato do ano anterior, com quatro mulheres e um homem nos nomeados. Celine Song, por “Vidas Passadas” é a favorita.

Ficaram de fora, por exemplo, os trabalhos de Bradley Cooper (“Maestro”), Justine Triet (“Anatomia de Uma Queda”) e Jonathan Glazer (“A Zona de Interesse”).

A 76.ª edição da entrega dos prémios DGA realiza-se a 10 de fevereiro.

Melhor Realização
Greta Gerwig, por Barbie (Warner Bros. Pictures)
Yorgos Lanthimos, por Poor Things (Searchlight Pictures)
Christopher Nolan, por Oppenheimer (Universal Pictures)
Alexander Payne, por The Holdovers (Focus Features)
Martin Scorsese, por Killers of the Flower Moon (Apple Original Films / Paramount Pictures)

Melhor Primeiro Filme
Cord Jefferson, por American Fiction (Orion Pictures / Amazon MGM Studios)
Manuela Martelli, por Chile ‘76 (Kino Lober)
Noora Niasari, por Shayda (Sony Pictures Classics / ORIGMA 45)
A.V. Rockwell, por A Thousand and One (Focus Features)
Celine Song, por Past Lives (A24)

Skip to content