O cineasta italiano Bernardo Bertolucci, de 72 anos, que conta com uma obra rica no cinema, com filmes como “Novecento” (1976), “O Último Tango em Paris” (1972) e “Último Imperador” (1987), vai receber o Prémio Carreira, atribuído pela Academia Europeia de Cinema, “em reconhecimento de uma contribuição única e dedicada ao mundo do cinema”.

 

Bernardo Bertolucci, comelou a sua carreira como assistente do realizador Pier Paolo Pasolini e realizou o seu primeiro filme aos 21 anos de idade. Recebeu quatro nomeações aos Óscares, dos quais venceu dois em 1988, o de Melhor Realizador e Melhor Argumento Adaptado, por “O Último Imperador (1987). Durante a cerimónia de abertura do 64º Festival de Cannes recebeu a Palma de Ouro de Honra (este prémio é entregue a realizadores cujas obras tenham sido decisivas mas que nunca tenham recebido Palma de Ouro). O último filme de Bertolucci, “Me and You” (2012), estreou na seleção oficial, fora de competição, no Festival de Cinema de Cannes 2012.

 

Bertolucci receberá o seu prémio no dia 1 de dezembro, em Malta, durante a cerimónia da entrega dos prémios cinematográficos europeus mais importantes.