Terminou hoje a 16ª edição dos Encontros de Cinema de Viana. O júri do Prémio Primeiro Olhar constituído pelos investigadores Raquel Pacheco e Tiago Porteiro e pelo arquiteto Luís Ferro, atribuiu o prémio ao documentário brasileiro “Becco do Cotovelo”, de Eduardo Cunha e Pedro Cela, que acabou por ganhar também o Prémio PrimeirOlhar – Cinecubles

O júri ficou “sensibilizado pelo mosaico de imagens e de personagens que representam um tradicional beco no centro de Sobral, Ceará”. O mesmo filme também cativou o júri do Prémio PrimeirOlhar – Cineclubes, atribuído pela Federação Portuguesa de Cineclubes e Federación de Cineclubes de Galicia. O júri era constituído por Elsa Cerqueira, Raquel Moreira e Brais Moure Vila que destaca o filme pelas histórias humanas que adensam aquele o lugar do Nordeste Brasileiro.

O júri do Prémio PrimeirOlhar quis também destacar com uma menção honrosa o documentário “Para lá do Marão”, realizado por Pedro Fernandes, no âmbito do Mestrado em Realização Documental da Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias/ DocNomads – Masters in Documentary Film Directing / Portugal.

A competição PrimeirOlhar, que já vai na sua 12ª edição, é uma iniciativa da AO NORTE – Associação de Produção e Animação Audiovisual, promovida no âmbito da programação dos Encontros de Cinema de Viana, com a colaboração da Câmara Municipal de Viana do Castelo.

Prémio PrimeiroOlhar 2016
Becco do Cotovelo, de Eduardo Cunha e Pedro Cela
Menção Honrosa
Para lá do Marão, de Pedro Fernandes
Prémio PrimeiroOlhar / Cineclubes
Becco do Cotovelo, de Eduardo Cunha e Pedro Cela