"3 Horas para Amar" (2012)_1

Terminou ontem em Viana do Castelo a 13ª edição dos Encontros de Cinema de Viana, com a atribuição do Prémio Primeiro Olhar 2013, que é uma “secção competitiva que tem o objetivo de promover o documentarismo e é destinado ao melhor documentário realizado por alunos das escolas de cinema, de audiovisuais e de comunicação, ou por participantes em cursos de formação nessa área, de Portugal e da Galiza”. O júri Prémio Primeiro Olhar IBERTELCO, constituído por, Leonor Noivo, José da Silva Ribeiro e Miguel Ramos, atribuiu o prémio principal ao filme “3 Horas para Amar” (DAI/ESMAE/IPP, Mestrado em Comunicação Audiovisual – Esp. Cinema Documental), um documentário de Patrícia Nogueira que explora o universo das visitas íntimas no estabelecimento prisional feminino de Santa Cruz do Bispo. Apesar dos cortes no apoio à criação e programação do festival Encontros de Viana, o programa teve recheado de bons filmes, como é o caso das três curtas de João Salaviza, o documentário de Leonor Noivo, “Outras Cartas ou o amor inventado”, e a projeção de curtas europeias premiadas.

 

Prémio Primeiro Olhar IBERTELCO

3 Horas para Amar, de Patrícia Nogueira

 

Menção Honrosa

Vidro Quente, Corpo Frio, de Gonçalo Cardeira

 

 

Prémio Primeiro Olhar / Cincelubes

Porque Tu Respiras, de Pedro Almeida

 

Menção Honrosa

Vidro Quente, Corpo Frio, de Gonçalo Cardeira