"A Juventude" (2015)_1

Foram hoje revelados pela Academia de Cinema Europeu, durante o Festival de Cinema Europeu de Sevilha, os nomeados para os European Film Awards 2015 (Prémios do Cinema Europeu). O filme “A Juventude” (“Youth”) do italiano Paolo Sorrentino lidera as nomeações, com cinco categorias Melhor Filme, Melhor Realizador, Melhor Ator (Michael Caine), Melhor Atriz (Rachel Weisz) e Melhor Argumento (Paolo Sorrentino).

Seguem-se, com quatro nomeações cada um, “Um Pombo Pousou Num Ramo a Reflectir na Existência” (“A Pigeon Sat on a Branch Reflecting on Existence”) do sueco Roy Andersson e “The Lobster” de Yorgos Lanthimos. O drama inglês “45 Years” consegue a nomeação para Melhor Ator (Tom Courtenay), Melhor Atriz (Charlotte Rampling) e Melhor (Andrew Haigh).

A cerimónia da 28ª edição realiza-se a 12 de dezembro, em Berlim.

 

NOMEADOS

Melhor Filme Europeu

A Pigeon Sat on a Branch Reflecting on Existence, de Roy Andersson

Mustang, de Deniz Gamze Ergüven

Rams, de Grímur Hákonarson

The Lobster, de Yorgos Lanthimos

Victoria, de Sebastian Schipper

Youth, de Paolo Sorrentino

Melhor Realizador Europeu do Ano

Roy Andersson, por A Pigeon Sat on a Branch Reflecting on Existence

Yorgos Lanthimos, por The Lobster

Nanni Moretti, por My Mother

Sebastian Schipper, por Victoria

Paolo Sorrentino, por Youth

Malgorzata Szumowska, por Body

Melhor Comédia Europeia

A Pigeon Sat on a Branch Reflecting on Existence, de Roy Andersson

The Bélier Family, de Eric Lartigau

The Brand New Testament, de Jaco Van Dormael

Melhor Ator

Michael Caine, em Youth

Tom Courtenay, em 45 Years

Colin Farrell, em The Lobster

Christian Friedel, em 13 Minutes

Vincent Lindon, em The Measure of a Man

Melhor Atriz

Margherita Buy, em My Mother

Laia Costa, em Victoria

Charlotte Rampling, em 45 Years

Alicia Vikander, em Ex Machina

Rachel Weisz, em Youth

Melhor Argument0

Roy Andersson, por A Pigeon Sat on a Branch Reflecting on Existence

Alex Garland, por Ex Machina

Andrew Haigh, por 45 Years

Radu Jude & Florin Lazarescu, por Aferim!

Yorgos Lanthimos & Efthymis Filippou, por The Lobster

Paolo Sorrentino, por Youth

Melhor Documentário

A Syrian Love Story, de Sean McAllister

Amy, de Asif Kapadia

Dancing With Maria, de Ivan Gergolet

The Look of Silence, de Joshua Oppenheimer

Toto and His Sisters, de Alexander Nanau

Melhor Animação

Adama, de Simon Rouby

Shaun The Sheep, de Richard Starzak & Mark Burton

Song of The Sea, de Tomm Moore

Prémio Revelação – FIPRESCI

Goodnight Mommy, de Veronika Franz & Severin Fiala

Limbo, de Anna Sofie Hartmann

Mustang, de Deniz Gamze Ergüven

Slow West, de John Maclean

Summer Downstairs, de Tom Sommerlatte

 

VENCEDORES (revelados)

Melhor Fotografia

Martin Gschlacht, por Goodnight Mommy (Austria)

Melhor Edição

Jacek Drosio, por Body (Polónia)

Melhor Design de Produção

Sylvie Olivé, por The Brand New Testament (Bélgica/França/Luxemburgo)

Melhor Guarda-Roupa

Sarah Blenkinsop, por The Lobster (RU/Irlanda/Grécia/França/Países Baixos)

Melhor Compositor

Cat’s Eyes, por The Duke of Burgundy (RU/Hungria)

Melhor Design de Som

Vasco Pimental e Miguel Martins, por As Mil e Uma Noites – Vol. I-III(Portugal/Alemanha/França/Suíça)