A propósito da comemoração dos seus 20 anos, o Monstra – Festival de Animação de Lisboa inaugura no próximo dia 5 de fevereiro, às 18h, no Museu da Marioneta, em Lisboa, “O Mundo Animado de Tim Burton”, uma exposição de homenagem aos filmes de animação do realizador norte-americano nunca antes vista em Portugal.

Tim Burton iniciou a sua carreira nos estúdios da Disney a trabalhar como animador e é hoje um dos realizadores mais célebres de todo o mundo, tendo realizado mais de duas dezenas de filmes, quer em imagem real, quer em animação stop-motion e 3D.

Nesta exposição vão ser apresentadas marionetas e desenhos originais dos filmes stop motion de Tim Burton, bem como armaduras, maquetes, adereços, esboços e pesquisas gráficas usados nos filmes “Marte Ataca!” (1996), “A Noiva Cadáver” (2005) e “Frankenweenie” (2012). O público português poderá encontrar elementos invulgares e intrigantes que fizeram parte do processo de produção de Burton, conhecido pelos seus universos fantásticos e góticos que se cruzam com o seu imaginário infantil.

Estamos a mostrar trabalhos de um dos mais geniais realizadores de sempre, que iniciou a sua atividade ainda enquanto estudante de animação e que tem no sangue o “bichinho” da animação tal como nós. O trabalho das marionetas é fabuloso! Cada marioneta é uma obra de relojoaria. Vamos poder ver os mecanismos interiores das cabeças e dos corpos e perceber que, por debaixo de cada imagem que vemos no ecrã, há uma estrutura de uma grande complexidade, que permite aos animadores dar as mais complexas expressões e movimentos a cada “ator”., esclarece Fernando Galrito, diretor artístico da Monstra.

As marionetas patentes na exposição “O Mundo Animado de Tim Burton” foram produzidas pelos estúdios britânicos Mackinnon & Saunders. A colaboração de Tim Burton com estes estúdios começou em 1995 com a construção dos marcianos que compõem parte do elenco de “Marte Ataca!” (1996), seguindo-se a construção das marionetas de “A Noiva Cadáver” (2005) a partir dos desenhos originais de Tim Burton e Carlos Grangel. Com este filme, a Mackinnon & Saunders recebeu o prémio Ub Iwerks na 33.ª edição dos Annie Awards, distinguindo a componente técnica da construção dos rostos das marionetas. O cineasta norte-americano voltou a colaborar com os britânicos na criação do elenco do seu filme produzido pela Disney “Frankenweenie” (2012), em 3D stop motion.

A exposição “O Mundo Animado de Tim Burton” vai estar patente no Museu da Marioneta de 6 de fevereiro a 19 de abril. Esta é uma iniciativa do Monstra – Festival de Animação de Lisboa, que se realiza de 18 a 29 de março de 2020, em parceria com o Museu da Marioneta.