“O Feiticeiro de Oz” (1939)_1

Arranca hoje a 34ª edição do Festival Internacional de Cinema do Porto – Fantasporto 2014, tendo como sessão de abertura, a estreia mundial, “Vampire Academy”, realizado por Mark Waters. Esta é uma grande produção emergente dos responsáveis pela série Twilight que terá a sua estreia Mundial em meados de Fevereiro nos Estados Unidos. A sessão está marcada para hoje às 21H no grande auditório do Rivoli. Seguir-se-á a exibição muito especial, realizada com a autorização dos produtores, da versão restaurada da obra prima de Victor Fleming, “O Feiticeiro de Oz” (1939), que celebra precisamente este ano 75 anos. Este foi, juntamente com “E Tudo o Vento Levou” (também de Fleming) o primeiro filme a ser filmado totalmente a cores, sendo ainda hoje considerado um clássico do cinema, que contou na altura com dois Óscares (Melhor Banda Sonora e Melhor Canção). A lindíssima Judy Garland ficou imortalizada com este musical, que pode ser agora revisto numa versão restaurada em suporte digital 2D, às 23H15, no grande auditório.

Segundo a organização do festival, “serão exibidos cerca de 200 novos filmes, inéditos em Portugal, de entre os quais se destacam também dez Antestreias Mundiais, diversas Europeias, sendo naturalmente as outras nacionais. 30 países estarão representados no certame que seleccionou produções extremamente recentes e que cruzam com os filmes mais marcantes no firmamento cinematogáfico Mundial de 2013. (…) Estão confirmadas as presenças de vários títulos muito fortes nesta edição, tais como “Straw Shield”, de Takashi Miike; “What Maisie Knew”, de Scott McGehee e David Siegel; “Las Brujas de Zugarramurdi”, de Alex de la Iglésia; “Haunter”, de Vicenzo Natali ou “Big Bad Wolves”, que marca o regresso a Fantas dos Israelitas de “Rabbies”, Aharon Keshales e Navot Papushado com um filme que Tarantino considera ser “o Melhor de 2013”, como é referido no próprio trailer do filme.”

Como filme de encerramento, será exibido no dia 8 de março (às 21H), em ante-estreia nacional, o drama “The Railway Man”, de Jonathan Teplitzky, uma história verídica que conta com os oscarizados Nicole Kidman e Colin Firth.

Esta edição do Fantas, que vai decorrer até 9 de março, vai ainda apresentar 53 filmes portugueses, sendo a primeira vez que Portugal está representado em todas as secções.

Filmes de Abertura

Vampire Academy – Mark Waters – EUA

The Wizard of Oz – Victor Fleming – EUA

Filme de Encerramento

The Railway Man – Jonathan Teplitzky – EUA

 

Filmes em Competição

Cinema Fantástico

O Espinho da Rosa – Filipe Henriques- Port /Guiné-Bissau- 97’ – World Opening/Antrestreia Mundial

Kung-Fu Divas – Onat Diaz- 115’ – Filipinas – European Opening/Antrestreia Europeia

Cheatin’ – Bill Plympton – 76’ – EUA

Soulmate – Axelle Carolyn – 104’ – GB

The Human Race – Paul Hough – EUA – 90’

Big Bad Wolves – Aharon Keshales & Navot Papushado – 110’ – Israel

Haunter – Vincenzo Natali – 97’ – Can/Fra

Chimères – Olivier Beguin – 80’ – Sui

Cold Comes the Night – Tze Chun – 90’ – EUA

The Strange Colours of Your Body’s Tears – Hélène Cattet, Bruno Forzani- 102’ – Bel/Fra/Lux

Scintilla – Billy O’Brien – 95’ – GB

Why Don’t You Play in Hell? – Shion Sono – 126’ – Jap

Miss Zombie – Hiroyuki Tanaka (Sabu) – 85’ – Jap

Shield of Straw – Takashi Miike – 124’ – Jap

Sparks- Todd Burrows & Christopher Folino – 97’ – EUA

Stalled – Christian James – 80’ – GB

The Crypt- Mark Murphy – 83’ – GB – World Opening/Antrestreia Mundial

Witching and Bitching (las Brujas de Zugarramurdi) – Alex de la Iglesia – Esp/Fra

Bloodlust -Richard Johnstone – 78’ – GB – Antestreia Mundial

La Casa del Fin de Los Tiempos – Alejandro Hidalgo – 100’ – Venezuela – European Opening/Antrestreia Europeia

Savaged – Michael S. Ojeda- 95’ – EUA

The Fake – Sang-Ho Yeon – 110’ – Coreia do Sul

Semana dos Realizadores

Pecado Fatal – Luís Diogo  – Port – 90’

Viral- Lucas Figueroa – 95’ – Esp

The Red Robin – Michael Z. Wechler – EUA

Love me – Maryna Gorbach, Mehmet Bahadir Er- 90’ – Ucrânia/ Turquia

Love Eternal – Conor Barry – 74’ – Irl/Lux/Hol/Jap

Heavenly Shift – Márk Bodsár – 110’ – Hungria

Sugar Kisses (Besos de Azucar) – Carlos Cuarón – Mex

Houston – Bastien Günther – 107’- Alem

Matei Child Miner – Alexandra Gulea – 80’ – Roménia

The Eternal Return of Antonis Paraskevas – Elina Psykou – 88’ – Grecia

What Maisie Knew – Scott McGehee, David Siegel – 99’ – EUA

LFO – Antonio Tublen – 94’ – Sue/Din

Rough Play – Yeon-Shick Shin – Coreia do Sul

Orient Express

Why Don’t You Play in Hell? – Shion Sono – 126’ – Jap

Kung-Fu Divas – Onat Diaz – 115’ – Filipinas

Miss Zombie – Hiroyuki Tanaka (Sabu) – 85’- Jap

The Fake – Sang -ho Yeon – 110’ – Coreia do Sul

Rough Play – Yeon-Shick Shin – Coreia do Sul

Love Eternal – Conor Barry – 74’- Irl/Lux/Hol/Jap

 

Prémios Cinema Português – Melhor Filme

Curtas-metragens

Blind Date – Claudia Clemente – 9’ 31’’

Walking Dead Infrared – Luís Miranda- 3’20’’

Salomé – Sofia Beirão – 16’09

O que Eu Entendo por Amor – Ricardo Martins – 13’53

Lado Nenhum – Rui António- 12’30’’

Esquizophonia – André Miranda, Diogo Leitão – 12’46

Navegar – Carlos Silva, Pedro Carvalho de Almeida – 5’17’’

Longas-metragens

Pecado Fatal – Luis Diogo – 90’  

O Espinho da Rosa – Filipe Henriques – 97’

Fantasporto 2014

Fonte: Fantasporto