FEST 2014: Vencedores

“Cracks in Concrete” (2014)

O FEST – Festival Novos Cineastas | Novo Cinema encerrou ontem a sua 10ª edição, com o anuncio dos vencedores, na sessão de encerramento, que contou também com o filme colectivo “Borderline”, fruto de um projecto da FEST – Associação Cultura, no âmbito do Guimarães – Capital Europeia da Cultura. Segundo a organização do festival, que decorre em Espinho, este ano estiveram mais de 70 filmes em competição, de mais de 20 países. O Prémio do Público de Melhor Filme foi para o austríaco “Cracks in Concrete” de Umut Dag. Na secção Lince de Ouro, o prémio de Melhor Longa-Metragem Documental foi para “My Love Awaits Me by the Sea” de Mais Darwazah (Jordânia, Alemanha).

Este ano, o FEST – Training Ground “contou também com mais de 450 participantes, dos cinco continentes e incluiu mais de 20 masterclasses e workshops, como por exemplo o de Michael Katz, Produtor de Michael Haneke; Chris Dickens, Editor de “Slumdog Millionaire” (2008); Eddy Joseph, Supervisor de som que trabalhou com Bernardo Bertolucci, Neil Jordan, Alan Parker e Tim Burton; Gareth Wiley, Produtor de “Matchpoint” e “Vicky Cristina Barcelona” e um dos responsáveis por trazer Woody Allen para a Europa; entre muitos outros nomes!”

 

Vencedores

Prémio do Público – Melhor Filme

Cracks in Concrete, de Umut Dag (Áustria)

Prémio do Público – Melhor Curta-metragem

Mother, de Lukasz Ostalski (Polónia)

Prémio C7nema (Prémio da Crítica)

Arabani, de Adi Adwan (Israel)

Melhor Curta-Metragem – Documentário

Everything Will be Different Now, de Josefien Hendriks (Holanda)

Lince de Ouro – Melhor Longa Metragem – Documentário

My Love Awaits Me by the Sea, de Mais Darwazah (Jordânia, Alemanha)

Menção Honrosa – Curta-metragem Experimental

Orpheus, de Alessandro Paratore e Sara Aretino (Itália)

Melhor Curta-metragem – Experimental

White Lies, de Felix Schaefer (Alemanha)

Melhor Curta-metragem – Animação

Rabbit and Deer, de Péter Vácz (Hungria) – Video clip plays

Menção Honrosa – Curta-metragem Ficção

The Dinner, de Dimitris Argyriou (Grécia)

Tennis Girl, de Daniel Barosa (Brasil)

Melhor Curta-metragem – Ficção

Mother, de Lukasz Ostalski (Polónia)

Menção Honrosa – Longa-metragem Ficção

Little Crushes, de Ireneusz Grzyb e Aleksandra Gowin (Polónia)

Menção Honrosa – Longa-metragem Ficção

Cracks in Concrete, de Umut Dag (Áustria)

Lince de Ouro – Melhor Longa Metragem – Ficção

Mother of George, Andrew Dosunmu (EUA)