Papicha-Mounia-Meddour-FEST-2020

FEST 2020: Vencedores

Decorreu este sábado, 8 de agosto, a sessão de encerramento do FEST – Festival Novos Realizadores | Novo Cinema 2020 com a habitual entrega dos prémios Lince.

“Papicha”, um dos mais badalados filmes da competição Un Certain Regard, do Festival de Cannes, da realizadora Mounia Meddour, sobre uma geração de mulheres forçada a confrontar um patriarcado todo-poderoso, venceu o grande prémio, o Lince de Ouro na categoria de Melhor Longa-Metragem de Ficção.

Segundo o júri, “Papicha” é “um olhar íntimo e intenso sobre a vida universitária de espírito livre num país à beira da guerra civil. Ancorado por uma performance marcante de Lyna Khoudri, o filme compõe um bonito instantâneo de três gerações de mulheres argelinas, incluindo uma avó que, de alguma forma, gostaríamos que nos adotasse. Para além disso, mostra como a moda pode ser política, afirmativa, artística e perigosa quando a forma como nos vestimos e nos comportamos se torna aquilo que nos define.”

O júri atribuiu também uma Menção Honrosa a “Pacificado”, a primeira obra de Paxton Winters, que foi a grande vencedora da última edição do Festival de San Sebastian. Segundo o júri, “‘Pacificado’ é um drama policial não convencional que se concentra mais na família do que no crime. Embora não se intimide com o lado criminoso, ele captura tanto a paisagem interna quanto a externa das favelas; a beleza, a luta e a política subjacente a tudo isso.”

O Lince de Ouro de Melhor Documentário foi para “Lovemobil”, de Elke Margarete Lehenkrauss, e o grande prémio nacional, na categoria de Melhor Curta-Metragem Portuguesa, foi para “Erva Daninha”, de Guilherme Daniel. “‘Erva Daninha’ é um filme consistente, bem construído e apelativo, que se destaca pelo inesperado da narrativa e pela imagética subtil de terror”, declarou o júri.

Lince de Ouro

Melhor Longa-Metragem  Ficção
Papicha, de Mounia Meddour

Menção Honrosa
Pacificado, de Paxton Winters

Melhor Longa-Metragem – Documentário
Lovemobil, de Elke Margarete Lehenkrauss

Lince de Prata

Melhor Curta-Metragem – Ficção
Marshmallows, de Duván Duque

Menção Honrosa
All the Fires The Fire, de Ethimis Kosemund

Melhor Curta-Metragem – Documentário
Black Lagoon, de Felipe Esparza

Melhor Curta-Metragem – Animação
Acid Rain, de Tomel Popakul

Melhor Curta-Metragem – Experimental
At the Entrance of the Night, de Anton Bialas

Menção Honrosa
Mary, Mary so Contrary, de Nelson Yeo

Grande Prémio Nacional

Melhor Curta-Metragem Portuguesa
Erva Daninha, de Guilherme Daniel

Menção Honrosa
Quando a luz se apaga, de Tânia Prates

Prémio NEXXT

Melhor Filme Escola
Gravedad, de Matisse Gonzalez

Menção Honrosa
Book of Hours, de Suzan Noesen

FESTinha

Melhor Filme Sub 10
Oeil por Oeil, de Thomas Boileau, Alan Guimont,Robin Courtoise, Mathieu Lecroq, Malcolm Hunt, François Briantais

Melhor Filme Sub 12
A Lantern in the Night, de Fantine Chareyre, Victorien De Cozar, Clara Gacoin, Laura Javel, Emma Malric, Déborah Morali, Maxime Ponsart

Melhor Filme Sub 16
Whales Don’t Swin, de Matthieu Ruyssen