De-Gaulle-festa-cinema-frances-2020

Festa do Cinema Francês 2020: Programação Antestreias

A 21.ª edição da Festa do Cinema Francês, que se realiza em Lisboa, Almada, Coimbra e Porto entre 8 de outubro de 4 de novembro, divulgou o seu programa de antestreias.

A edição 2020 propõe 12 antestreias de filmes de produção recente, num olhar transversal sobre a ficção e documentário produzidos em França. Entre as propostas encontram-se: “A Boa Esposa”, de Martin Provost, novo filme protagonizado por Juliette Binoche; “Thalasso”, de Guillaume Nicloux, sobre o famoso escritor francês e do seu sequestro Michel Houellebecq, num filme que conta com interpretações de Gérard Depardieu e do próprio Houellebecq; “De Gaulle”, de Gabriel Le Bomin, passado durante o início da Segunda Guerra Mundial, focado no papel do general francês que tinha acabado de assumir o seu posto, e quer quer mudar o curso do mundo; e o documentário “O Capital no Século XXI”, de Justin Pemberton e Thomas Piketty, baseado no bestseller internacional do economista Thomas Piketty.

As novas confirmações juntam-se ao já anunciado programa Delphine Seyrig, Insubmusa, co-programado com a Cinemateca Portuguesa. A edição 2020 da Festa do Cinema Francês passa por quatro cidades: Lisboa (8 a 21 de outubro), Porto (26 de outubro a 4 de novembro), Coimbra (21 a 24 de outubro) e Almada (14 a 18 de outubro).

Programação Antestreias

A Boa Esposa, de Martin Provost, 2020 França, Bélgica, 109′
Agente Haxe, de Jean-Paul Salomé, 2020, França, 106′
De Gaulle, de Gabriel Le Bomin, 2019, França, 108′
Doutor?, de Tristan Séguéla, 2019, França, 90′
Nem Uma, Nem Outra, de Anne Giafferi, 2019, França, 98′
Notre Dame de Paris, de Varélie Donzelli, 2019, França, Bélgica, 88′
O Capital no Século XXI, de Justin Pemberton e Thomas Piketty, 2019, França, Nova Zelândia, 103′
O Melhor Ainda Está Para Vir, de Alexandre de La Patellière e Matthieu Delaporte, 2019, França, 117′
Play, de Anthony Marciano, 2019, França, 108′
Queria ter alguém a minha espera num sítio qualquer, de Arnaud Viard, 2019, França, 89′
Thalasso, de Guillaume Nicloux, 2019, França, 93′
Veneza não é Itália, de Ivan Calbérac, 2018, França, 95′

Fonte: Festa do Cinema Francês