"Almas Negras" (2015)_1

O filme “Almas Negras”, de Francesco Munzi, foi o vencedor da 8.ª edição da Festa do Cinema Italiano, que encerrou ontem no Cinema São Jorge, em Lisboa. O prémio, atribuído pelo júri composto por Ana Sousa Dias, Francesco Di Pace, Lídia Ramogida e Rodrigo Francisco, tem estreia prevista para breve em Portugal.

Filme-sensação do Festival de Veneza, onde foi um dos filmes favoritos ao Leão de Ouro, foi a escolha unânime do júri do 8 ½, que decidiu atribuir também uma menção especial ao documentário “Le cose belle”, de Agostino Ferrente e Giovanni Piperno. Este documentário realizado durante mais de dez anos recebeu ainda o Prémio do Público, que se emocionou visivelmente com a dura história de vida de quatro jovens na cidade de Nápoles.

A Festa do Cinema Italiano chegou ao fim em Lisboa mas continua a sua digressão pelo país fora: Porto na Casa das Artes (9 a 12 de abril), Évora no Auditório Soror Mariana (15 a 18 de abril), Caldas da Rainha no Centro Cultural e de Congressos (25 a 27 de abril), Loulé no Cine-Teatro Louletano (1 a 3 de maio), Coimbra no Teatro Académico de Gil Vicente (5 a 7 de maio), e em Junho em Luanda e Maputo.