Depois de ter sido cancelada a 55.ª edição do Festival Internacional de Cinema de Karlovy Vary (KVIFF), na República Checa, a organização do festival anunciou o “Vary at Your Cinema”, que levará 16 filmes a serem exibidos em turné por 96 salas de cinema, de 3 a 11 de julho.

As salas de cinema da República Checa foram reabertas no início de maio e vão receber, ao longo de nove dias, uma pequena amostra do que seria a edição 2020 do KVIFF, com filmes produzidos no ano passado no circuito internacional de festivais. As sessões serão acompanhadas por apresentações pelos programadores do KVIFF.

A programação inclui filmes como o documentário “Kubrick by Kubrick”, de Gregory Monro, “Ema”, de Pablo Larraín, “Proxima”, de Alice Winocour “Babyteeth”, de Shannon Murphy.

“Dado que na situação atual os espectadores não podem ir a Karlovy Vary este ano, decidimos trazer pelo menos parte do festival. É a nossa maneira de agradecer aos visitantes, convidados e entusiastas do cinema que criam a atmosfera fantástica do festival em Vary todos os anos. Estamos entusiasmados com o imenso interesse dos nossos espectadores e também pelo facto de quase 100 salas de cinema terem-se inscrito no Vary At Your Cinema. Acredito que juntos conseguiremos oferecer ao público não apenas excelentes filmes, mas também um pouco da atmosfera tradicional do festival”, diz o presidente da KVIFF, Jiří Bartoška.

A KVIFF também se juntou ao projeto We Are One: Um Festival Global de Cinema, lançado no YouTube pela Tribeca Enterprises, para levar gratuitamente o melhor dos festivais de cinema ao público a partir de 29 de maio.

Programa do At Your Cinema:
À l’abordage, de Guillaume Brac (França, 2020)
Babyteeth, de Shannon Murphy (Austrália, 2019)
Bad Tales, de Fabio D’Innocenzo, Damiano D’Innocenzo (Itália / Suíça, 2020)
Ema, de Pablo Larraín (Chile, 2019)
Honey Boy, de Alma Har’el (EUA, 2019)
Identifying Features, de Fernanda Valadez (México / Espanha, 2019)
Kubrick by Kubrick, de Gregory Monro (França / Polónia, 2020)
Luxor, de Zeina Durra (Egito / Reino Unido, 2019)
Meky, de Šimon Šafránek (República Checa / Eslováquia, 2020)
Moffie, de Oliver Hermanus (África do Sul / Reino Unido, 2019)
Mogul Mowgli, de Bassam Tariq (Reino Unido, 2020)
The Mole Agent, de Maite Alberdi (Chile / EUA / Alemanha / Holanda / Espanha, 2020)
Proxima, de Alice Winocour (França / Alemanha, 2019)
Wildland, de Jeanette Nordahl (Dinamarca, 2020)
Yalda, a Night for Forgiveness, de Massoud Bakhshi (França / Alemanha / Suíça / Luxemburgo / Líbano / Irão, 2019)
Zumiriki, de Oskar Alegria (Espanha, 2019)