Terminou no passado dia 21 de novembro a 27ª edição do Festival Internacional de Cinema de Estocolmo, com a atribuição do Cavalo de Bronze, o prémio máximo do certame, ao filme “Godless” da realizadora búlgara Ralitza Petrova, um filme pessimista que critica a desumanidade e a insensibilidade da sociedade búlgara de hoje. Venceu ainda o prémio de Melhor Atriz (Irena Ivanova). “Old Stone” do realizador chinês Johnny MA conquistou os prémios de Melhor Realizador e Melhor Argumento.

Melhor Filme
Godless, de Ralitza Petrova
Melhor Primeiro Filme
Elite Zexer, por Sand Storm
Melhor Realizador
Johnny Ma, por Old Stone
Melhor Argumento
Johnny Ma, por Old Stone
Melhor Fotografia
Andrei Butica, por Dogs 
Melhor Atriz
Irena Ivanova, em Godless 
Melhor Ator
Kévin Azaïs, em A Taste of Ink 
Melhor Documentário
Nanfu Wang, por Hooligan Sparrow
Prémio Stockholm Impact
Leena Yadav, por Parched
Melhor Curta-metragem
Raymund Ribay Gutierrez, por Imago 
Stockholm Rising Star
Filip Berg
Melhor Filme FIPRESCI
Andrea Arnold, por American Honey
Stockholm Lifetime Achievement Award
Stephen Frears
Stockholm Visionary Award
Yorgos Lanthimos
1 km Film-scholarship
Frida Kempff, por Dear Kid 
iFestival Prémio do Público
Trail and Error
Stockholm Impact Award
Wayne Roberts, por Katie Says Goodbye
Stockholm Audience Award
I, Daniel Blak, de Ken Loach