3   +   6   =  

Na 15.ª edição do Festival Internacional de Curtas Metragens de Évora estão 37 filmes em concurso nas categorias de ficção, animação, documentário, videoclipe e novo talento. O festival irá decorrer em Évora de 12 a 23 de novembro com programas como Cinema para as Escolas, Mostras de Cinema e Videoclipe, terminando com uma secção competitiva no Teatro Garcia de Resende.

A programação do FIKE 2018 recaiu sobre filmes que refletem a atualidade, que olham para dentro das cidades, das histórias que são do outro, mas que também são pessoais e quotidianas, descobrindo-se, assim, um festival que, entre outras coisas, procura o pulsar da cidade onde decorre.

O festival conta também com uma mostra de cinema documental para promoção da candidatura de Évora a Capital Europeia da Cultura em 2027, com destaque para o filme do dia 20 de novembro, às 18h, no Teatro Garcia de Resende intitulado “A pedra não espera”, de Graça Castanheira, um filme que segue a obra escultórica de João Cutileiro, e para o de dia 22 de novembro, às 18h, “7 Évoras em Kepa”, de José Coimbra e Tiago Guimarães, um filme de encontros improváveis na residência artística de Kepa Junkera, em Évora.

O júri de 2018 é composto por 5 elementos da área do cinema e audiovisual: Sara Gonçalves, Susana Mourão, José Coimbra, Rui Fernandes e Paulo Santos, que vão atribuir os prémios para Melhor Ficção, Animação e Documentário e diploma para o melhor Videoclipe e Novo Talento. O público do festival atribuirá o Prémio do Público.

20 Novembro – Competição 1
A Minha Paisagem Não Existe, de Dinis Leal Machado |DOC| 6’ |PORTUGAL | 2016
Aria, de Myrsini Aristidou |FIC |13’35’’|CHIPRE |2017
Ra-Fa-El – It’s so Much Fun, de Mário Costa|VID|4’10’’|PORTUGAL| 2017
Alta Cidade de Ossadas, de João Salaviza | FIC | 20’| PORTUGAL|2017
A Sonolenta, de Marta Monteiro |ANI |10’20’’ |PORTUGAL |2017

20 novembro – Competição 2
Aula de Natação, de Gonçalo Viana e Pedro Pontes | FIC / NT | 4’45’’|PORTUGAL| 2017
Kiem Holijanda, de Sarah Veltmeyer| FIC| 14’07’’ | HOLANDA | 2017
Mapa-Esquisito, de Jorge Vaz Gomes | DOC | 22’ | PORTUGAL | 2018
Snooze, de Dinis Leal Machado| FIC / NT| 13’52’’|PORTUGAL | 2017
Vou-me Despedir do Rio, de David Gomes e Pedro Cruz | DOC | 29’56’’ | PORTUGAL | 2017
O Candeeiro, de Henrique Costa e Hugo Passarinho | ANI | 5’28’’ | PORTUGAL | 2016
Half a Throne and a King, de Daniel Catarino| VID| 2’27’’| PORTUGAL| 2018

21 novembro – Competição 3
Gaze, de Farnoosh Samadi | FIC | 14’25’’ | ITALIA| 2017
The Miami Flu – Vicious Pill, de Mário Costa | VID | 4’16’’ | PORTUGAL | 2016
Thursday Night, de Gonçalo Almeida | FIC | 7’36’’ | PORT | 2017
Russa, de João Salaviza e Ricardo Alves Jr. | DOC | 19’57’’ | BRASIL/PORTUGAL| 2018
Surpresa, de Paulo Patrício | ANI| 8’49’’| PORTUGAL| 2018
Oú en Êtes-Vous João Pedro Rodrigues, de João Pedro Rodrigues | DOC| 21’|PORTUGAL|2017

21 novembro – Competição 4
Red Queen, de Adriana Martins da Silva e Pedro Martins|FIC | 15’|PORTUGAL|2018
Sun Cream, de Aylin Gökmen|DOC |9’25´´|SUIÇA | 2017
Ivan, de Bernardo Lopes |NT | 16’15’’|PORTUGAL|2017
Indignu – Nem Só das Cinzas se Renasce, de Pedro Caldeira e Paulo Graça | VID| 3’41’’ | PORTUGAL | 2018 Casca de Boaba, de Mariana Luiza | FIC | 11’43’’ | BRASIL | 2017
Carga, de Luís Campos | FIC | 14’26’’| PORTUGAL | 2016
Road Side Attraction, de Ivete Lucas e Patrick Bresnan | DOC | 9’34’’| USA | 2017
A Sweet Story, de Moritz Biene | ANI| 7’20’’ | ALEMANHA | 2018

22 novembro – Competição 5
A Casa Amarela, de Ana Luísa Lopes |DOC | 7’15’’ | PORTUGAL | 2018
20 Anos de Oficinas num Convento, de Pedro Grenha, Rodolfo Pimenta e Rui Cacilhas| DOC| 24’36’’ | PORTUGAL | 2017
Stargazing, de Diogo Vale| VID | 4’44’’ | PORTUGAL | 2017
Os Motivos de Reinaldo, de Ricardo Vieira Lisboa | DOC| 8’ | PORTUGAL | 2018
Cabaret da Fantochada, de Miguel Medeiros | VID | 3’28’’|PORTUGAL

Fonte: FIKE