Manoel de Oliveira_3

Depois da Cinemateca ter comunicado que irá dedicar uma programação especial em homenagem ao mestre Manoel de Oliveira, no dia 6 de abril, também várias salas de cinema do país aderiram à iniciativa de exibir algumas obras do cineasta, que faleceu aos 106 anos, no dia 02 de abril.

Numa iniciativa dos Cinemas NOS, a UCI Cinemas e o Cinema Ideal, vão ser exibidos, em Lisboa e Porto, em sessões especiais, quatro filmes de Manoel de Oliveira em versões restauradas e remasterizadas em alta definição de “Aniki-Bóbó” (1942) e “Douro Faina Fluvial” (1931) (de 9 a 15 de abril), “Acto da Primavera” (1964) e “A Caça” (1964) (de 16 e 22 de abril). Os filmes serão exibidos em sessões especiais nos Cinemas NOS Amoreiras, NOS Cinemas Dolce Vita Porto, UCI Cinemas El Corte Inglês Lisboa, UCI Cinemas Arrábida Shopping e Cinema Ideal.

Também na televisão se prestará homenagem ao realizador. A RTP terá uma emissão especial durante o dia de hoje, onde irá acompanhar as Cerimónias Fúnebres de Manoel de Oliveira (RTP1, às 14h10). Na RTP2 será exibido o documentário “Manoel Oliveira, o caso dele”, às 23h25.

Nos canais TVCine também haverá um Especial Manoel de Oliveira que se prolongará até domingo, 5 de abril. Este especial arrancou ontem com a exibição de “Douro Faina Fluvial”, seguindo-se “Aniki Bóbó”. Hoje será exibido “A Divina Comédia” (1991), no sábado “Vale Abrãao” (1993) e no domingo a homenagem encerra com “Porto da Minha Infância” (2001) e “O Gebo e a Sombra” (2012). Todo o programa irá decorrer no TVCine 2, sempre às 22h.