Filmografia de Kleber Mendonça Filho em destaque na Filmin

A Filmin recebe o mais recente filme de Kleber Mendonça Filho, “Retratos Fantasmas” que conquistou a audiência e a crítica nacional e internacional
OS FILMES MAIS ESPERADOS DE 2019 5 1 OS FILMES MAIS ESPERADOS DE 2019 5 2

A Filmin recebe no dia 11 de Julho, “Retratos Fantasmas”, o filme mais recente de Kleber Mendonça Filho.

Uma ode apaixonada à cidade natal do realizador, que explora as suas ricas histórias e memórias, revisitando-as através dos grandes cinemas que serviram como espaços de convívio. Recentemente, a produção foi finalista nas categorias de Melhor Realização e Melhor Documentário de Longa-Metragem no Prémio Grande Otelo.

Aproveitando o lançamento de “Retratos Fantasmas”, a plataforma apresenta também quatro curtas-metragens realizadas por ele, todas ambientadas em Recife.

Retratos Fantasmas

Após sete anos de trabalho, pesquisa, filmagens e montagem, o quinto longa-metragem de Kleber Mendonça Filho, “Retratos Fantasmas”, explora a história do centro de Recife desde o século XX através das suas salas de cinema.

Inspirado nas suas memórias pessoais, Kleber estrutura a obra em três atos. A partir desta organização, explora a relevância dos cinemas na vida das pessoas e na cultura urbana. Com uma abordagem crónica, a sua narrativa proporciona uma visão íntima da relação entre os espectadores e as salas de cinema. Além disso, no filme, reflete sobre como os letreiros dos filmes se tornaram símbolos icónicos das suas respectivas épocas.

“Retratos Fantasmas” não tem personagens humanos como protagonistas, mas sim a cidade, os edifícios e a própria essência do cinema. O filme explora como o cinema entra nas nossas vidas de maneira impercetível, indo além das salas de exibição.

As quatro curtas-metragens

Entre as curtas-metragens selecionadas pela plataforma estão “Recife Frio”, “Vinil Verde”, “A Copa do Mundo no Recife” e “Eletrodoméstica”.

“Recife Frio” (2009), um falso documentário sobre uma estranha mudança climática na cidade tropical de Recife, na região do Nordeste do Brasil, que, inexplicavelmente, passa a ser fria. Este ‘mockumentary’ torna-se gradualmente crítico, olhando para o clima, o desenvolvimento urbano e a interação social de todos os ângulos. No fim das contas, um raio de sol atravessa as nuvens?

Montado a partir de fotografias 35mm e evocando o trabalho do iconoclasta Chris Marker em “La Jetée”, Kleber Mendonça Filho cria em “Vinil Verde” (2004), uma fantasia de terror para crianças de todas as idades através de uma adaptação livre de uma fábula infantil russa.

Para a curta-metragem “A Copa do Mundo no Recife” (2014), Kleber Mendonça Filho percorreu durante três semanas as ruas e capturou a verdade da sua cidade natal, o Recife, durante a invasão do Mundial de 2014.

No Recife, a cidade natal da lenda do futebol Rivaldo, quase toda a gente é louca por futebol. À medida que a cidade é invadida pelo Mundial, também se depara com uma enorme pobreza e problemas sociais. Uma visão fascinante dos acontecimentos pelo realizador e habitante da cidade, Kleber Mendonça Filho.

Sobre este filme encomendado, o cineasta comenta:

“Vejo esse filme de 15 minutos como uma cápsula do tempo para o futuro. Na verdade, 6 anos depois, o Brasil já parece muito diferente. E aquele 7 x 1 realmente foi o início de todo esse mau agouro.”

Por fim, “Eletrodoméstica” (2005) é uma deliciosa comédia dramática que estreou na Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes. Na década de 1990, uma família da classe média do Recife, composta por uma mãe e seus dois filhos, vive numa casa que está repleta de electrodomésticos supérfluos capazes de fazer muito barulho. Um retrato que coloca em questão os padrões de consumo vigentes.

Os filmes estarão disponíveis na plataforma a partir do dia 11 de Julho.

Skip to content